Clínicas têm nova opção vacina para prevenir meningite B

A rede privada conta também com a vacina meningocócica ACWY para as demais faixas etárias

Por: Cláudia Duarte Cunha  -  30/10/22  -  17:53
xxxxxxxx
xxxxxxxx   Foto: Adobe Stock

O trumenba, da Pfizer, é uma nova opção de imunizante para meningite meningocócica B que está disponível na rede privada e oferece ampla cobertura para adolescentes e adultos jovens (entre 10 e 25 anos), faixa etária mais atingida pela doença no Brasil.


De acordo com o Ministério da Saúde, nos últimos dez anos, o Brasil registrou cerca de 190 mil casos de meningite e, em 20,7% deles, o sorogrupo B foi a causa da doença.


O novo imunizante chega ao País para combater a bactéria Neisseria meningitidis do sorogrupo B, uma das principais causas de meningite bacteriana no território nacional.


Para Adriana Polycarpo, diretora médica da Pfizer Brasil, apesar de grandes avanços de políticas públicas de saúde, a meningite segue sendo um grande desafio para o Brasil e para o mundo. “Pessoas não vacinadas de qualquer idade são vulneráveis à meningite, mas, quando falamos do sorogrupo B, o público jovem acaba sendo o mais impactado”.


O estudo clínico do imunizante contou com mais de 15 mil pessoas entre 10 e 25 anos e demonstrou que o esquema vacinal de duas doses de 0,5 ml (com intervalo de seis meses entre elas) atingiu os padrões internacionais de segurança, tolerabilidade e imunogenicidade.


Em média, mil pessoas são diagnosticadas com a doença todos os anos no País e, apesar do temor e dos frequentes surtos, a adesão à vacina contra a meningite, principalmente entre os jovens, estagnou.


Desde 2017, o Sistema Único de Saúde (SUS) disponibiliza para adolescentes imunizantes contra a meningite meningocócica dos sorogrupos A, C, W, Y, mas a cobertura vacinal para esse público freou e está muito abaixo da meta do Ministério da Saúde, estipulada em 80%.


O público jovem é considerado chave para o controle da doença no País, haja visto que, em 20% dos casos, a doença se manifesta de forma assintomática nesse grupo etário.


O Sistema Único de Saúde oferece imunizante contra meningite meningocócica do sorogrupo C para crianças a partir de 3 meses de vida e contra os sorogrupos ACWY para adolescentes de 11 e 12 anos.


A rede privada conta também com a vacina meningocócica ACWY para as demais faixas etárias.


Logo A Tribuna
Newsletter