EDIÇÃO DIGITAL

Domingo

17 de Novembro de 2019

Youtuber de sete anos fatura R$ 84 milhões e é o mais bem pago do mundo em 2018

Ele faturou esse valor em um período de um ano fazendo críticas de brinquedos na rede. A estimativa é da revista Forbes.

O youtuber Ryan, de apenas sete anos, se tornou a estrela mais bem paga do YouTube, o site de vídeos mais acessado do mundo. Entre junho de 2017 e junho de 2018, ele faturou cerca de R$ 84 milhões (US$ 22 milhões) fazendo críticas de brinquedos na rede. A estimativa é da revista Forbes.

Os ganhos de Ryan, que não incluem impostos ou pagamentos a agentes e advogados, dobraram em comparação ao ano anterior. Ele posta novos vídeos quase todos os dias. Desde que o canal foi criado pelos pais de Ryan em 2015, os vídeos tiveram quase 26 bilhões de visualizações e ganharam 17,3 milhões de seguidores.

A Forbes disse que apenas US$ 1 milhão do total de US$ 22 milhões não vinha de anúncios exibidos no início dos vídeos, mas sim de posts patrocinados. O montante gerado por posts patrocinados é pequeno se comparado ao de outros youtubers.

Os brinquedos que aparecem no canal podem acabar nas lojas na mesma hora. Em agosto, a rede Walmart começou a vender brinquedos e roupas da marca Ryan's World e um vídeo que mostrava Ryan e seus pais procurando esses produtos no Walmart teve 14 milhões de visualizações em três meses.

O que Ryan ganhou com o acordo com o Walmart deve aumentar bastante os ganhos dele no ano que vem. Como ele ainda é criança, 15% do que ele ganha vai para uma conta bancária que Ryan só poderá acessar quando for adulto.

As irmãs gêmeas de Ryan também estão na festa: elas aparecem em alguns vídeos em outros canal, Ryan's Family Review. Apesar de ser um dos rostos infantis mais famosos da internet, sabe-se pouco sobre a vida privada de Ryan. Nunca foram revelados seu nome completo nem onde vive.

O canal aberto em março de 2015 teve seu grande lançamento com um vídeo em que Ryan abriu mais de 100 brinquedos escondidos em ovos-surpresa de plástico. O vídeo teve mais de 800 milhões de visualizações.