Reformas pessoais e profundidade marcam o ciclo de Escorpião

Entramos numa fase com sensibilidade mais intensa de nossa personalidade; entenda como o período pode te afetar

Por: ATribuna.com.br  -  22/10/21  -  07:01
Atualizado em 22/10/21 - 12:23
 No dia 23, entramos no ciclo de Escorpião, que promete intensidade e profundidade
No dia 23, entramos no ciclo de Escorpião, que promete intensidade e profundidade   Foto: Divulgação/Pixabay

O signo é de alguns, mas o significado do período é para todos: reformas pessoais. O Sol ingressará no dia 23, às 01h51, num dos signos mais mal compreendidos do zodíaco: Escorpião.


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


Durante os próximos dias, estaremos numa fase em que a sensibilidade mais intensa de nossa personalidade, assim como o contato com o nosso lado mais profundo e infernal estará em primeiro plano.


Escorpião é um signo do elemento água, do tipo pantanosa e espessa. Reservados e misteriosos, possuem uma tendência a captar instintivamente as necessidades dos outros. Sua força é revelada em épocas em que se encontra em extrema dificuldade, quando percebem a sua capacidade de alterar situações, saindo do fundo do poço. Encontramos uma associação de seu significado com a morte, a morte como transformação e eliminação, mudanças constantes de ciclos de vida e morte, início e fim, ou seja, não é um signo de meio-termo, é tudo ou nada. É interessante notar que o dia consagrado aos mortos, 2 de novembro, e o das Bruxas, acontecem no tempo do Escorpião.


Os planetas que o regem são Marte e Plutão, conhecidos como desafiador, guerreiro e o transformador. Dotam o indivíduo de controle, desconfiança e uma habilidade de ver a dualidade da vida, o claro e o escuro, o bem e o mal, além de apresentarem uma forte sexualidade.


Suas qualidades são a firmeza, determinação e lealdade, aliadas à uma grande percepção do ambiente e pessoas, com uma imensa capacidade de superar as dificuldades. Aliás, esse potencial para reverter situações é a sua grande marca.


Esta época será propícia para limpar, abandonar o que não é mais necessário, admitir aquelas emoções menos nobres e muito humanas como a raiva, o ciúme, a inveja, para que o lado mais belo possa ser trazido à luz. Seu perfume é doce e intenso. Suas cores, o preto, vermelho e o vinho. O floral Holly é o indicado para a desconfiança e o ódio e Willow para o ressentimento.


Logo A Tribuna