Silvino lança manifesto Húmus nesta quarta-feira

Trabalho aborda ausência do debate sobre respeito aos LGBTIs na Base Nacional Comum Curricular

Por: Júnior Batista & De AT Revista &  -  18/11/18  -  12:35
  Foto: Divulgação

Silvino, cantor radicado em São Vicente, lança nesta quarta-feira (21), no YouTube, o manifesto Húmus, que também estará disponível nas plataformas digitais a partir da próxima sexta. O trabalho aborda a ausência do debate sobre respeito aos LGBTIs na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e conta com a participação das Mães Pela Diversidade.


Gravado de forma documental em agosto, o vídeo registra o encontro entre jovens, a afetividade e a construção de um memorial humano LGBTI no Centro de Santos.


Elaborado pelo artista visual Fernando Gois, o memorial de rua tem mais de 300 nomes LGBTIs executados no Brasil e permeia caricaturas de militantes históricos dos movimentos LGBTI e negro, como Audre Lorde e Marsha P. Johnson e também de Herbert Daniel, defensor LGBTI e dos direitos das pessoas vivendo com HIV/Aids no Brasil.


"Procuramos dados de recortes de raça das execuções de LGBTIs no Brasil e não encontramos. Trazer Audre e Marsha no vídeo é apontar esta intersecção, assim como ter Herbert Daniel vestindo uma faixa presidencial é dizer sim ao SUS”, afirma Silvino.


Produzido pela Dois Pontos Filmes, o vídeo conta também com direção de Thiago Felix, que assina com Linn da Quebrada o clipe Enviadescer. A direção de arte é de Hugo Vicente.


Logo A Tribuna