Tribuna do leitor, de 8 de novembro de 2022

Hoje, com as participações de Gilberto Pereira Tiriba, Juan Manuel Villarnobo Filho e outros

Por: ATribuna.com.br  -  08/11/22  -  06:15
Leitor destaca a repercussão da vitória de Lula nas eleições 2022 entre os líderes mundiais
Leitor destaca a repercussão da vitória de Lula nas eleições 2022 entre os líderes mundiais   Foto: Reprodução / Youtube Flow Podcast

Gleisi Hoffmann

A deputada federal e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffman, criticou a possibilidade de a Petrobras distribuir R$ 50 bilhões em dividendos e afirmou na última quinta pelo Twitter: “Passada a eleição, volta a sangria na Petrobras. Estão propondo a distribuição de R$ 50 bilhões em dividendos. Não concordamos com essa política que retira da empresa sua capacidade de investimentos e só enriquece acionistas. A Petrobras tem de servir ao povo brasileiro”. Provavelmente, Gleisi Hoffmann está saudosa do tipo de sangria retirada da capacidade de investimentos da empresa e empobrecimento dos acionistas vigentes nos governos do PT, capitaneados pelo Lula. Afinal, permitiu-se desvio de bilhões para PT, PP e PMDB, disse o MPF. Para a Procuradoria, Lula “se beneficiou desse grande e poderoso esquema criminoso”. Atentai, Gleisi Hoffmann: “A distribuição de dividendos não compromete a sustentabilidade da Petrobras”, enfatizou o diretor Financeiro e de Relações com Investidores, Rodrigo Araújo, na última sexta. O Lula, a Gleisi Hoffman e o PT continuam a dever um “mea-culpa”.

Junios Paes Leme - Santos


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


Mudança de opinião

Certa vez, um respeitado advogado e deputado federal, ao ser questionado sobre o motivo de ter alterado a sua opinião e conduta em relação ao Governo Federal vigente, já que fora sempre oposição ao PT, respondeu: “Só ameba não muda de opinião”. Concordo inteiramente. No dicionário do mundo político, não cabem os termos “nunca” e “sempre”.

Juan Manuel Villarnobo Filho – Santos


Questão de fé

Lula se consolidou como o maior líder político vivo do Brasil, da América Latina e quiçá do mundo. O único que foi capaz de juntar opostos, o único que construiu uma grande frente para derrotar a extrema direita nas urnas. Diversos líderes internacionais reconheceram sua vitória democrática, sem qualquer contestação, respeitando a decisão soberana do povo brasileiro. Lula recebeu felicitações desde o presidente da Ucrânia ao da Rússia, ele tem prestígio e respeito internacional, tem boa relação entre pessoas ideologicamente parecidas com ele e com opostos. Bolsonaro perdeu e está isolado. Lula ganhou, a democracia ganhou, o povo trabalhador ganhou. Tenhamos fé!

Gilberto Pereira Tiriba – Santos


Reunião de cúpula

Sexta-feira foi o encerramento da reunião que se constituiu de desenvolvedores e dos fabricantes da atividade digital, e todas as plataformas. Que no próximo ano será realizada na cidade do Rio de Janeiro. Portugal está facilitando a vida aos nômades digitais – onde alguns já se instalaram na Madeira, nos Açores e no continente. Alguns deles são russos, que já constituíram startups, mas tinham dificuldade para abrir contas em bancos e outros empecilhos legais. Já que lá o custo de vida é mais baixo e mais seguro do que no resto da Europa, com essa facilidade muito mais desenvolvedores digitais serão atraídos, que ajudarão Portugal a se desenvolver mais nesse segmento. Portugal já o fez quando permitiu os vistos Gold, para quem comprasse ou se instalasse no país, com 500 mil euros, sendo que 60% deles foram concedidos a cidadãos chineses que tiveram também a cidadania portuguesa. Que acabaram criando alguns problemas com os moradores, inquilinos dos imóveis comprados, por isso não mais serão concedidos esses vistos. Assim se faz uma administração inteligente.

Fernando Martins Braga - Santos


Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna. As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.
Ver mais deste colunista
Logo A Tribuna
Newsletter