Tribuna do leitor - 4 de janeiro de 2021

Na edição desta segunda-feira (4), participações de Ademir Alonso Rodrigues, Carlos D. N. da Gama Neto, João Horário Caramez, Francisco Pedro Reis Junior, Wagner Fernandes Guardia e Marcio Marques Gomes

Por: Da Redação  -  04/01/21  -  13:30

Inoperância


É lamentável ver a insensibilidade da população jovem ao frequentar os famosos e trágicos pancadões em São Vicente e Santos, como foi noticiado. Mais lamentável é ver a inoperância da Guarda Civil, de ambos os municípios, em coibir tal prática. A desculpa é que não foram avisados e aí pergunta-se onde está o serviço de inteligência da Polícia? Se os jovens se reúnem é porque a informação foi disponibilizada, provavelmente, em redes sociais. As GMs não conseguem acessar e se antecipar, enviando unidades para os locais indicados? Eu, como morador de Santos, que frequento a praia para exercitar-me, e o calçadão, para o passeio, raramente vejo a GM fazendo ronda. Quando a vejo, invariavelmente, o guarda está dentro da viatura ou postado em frente a ela, estático, esperando, talvez, que os acontecimentos venham até ele. Infelizmente, até agora não entendi qual a efetividade dessa polícia, que deve absorver uma quantidade de recursos enorme, mas que não dá a devida contrapartida à população.
Ademir Alonso Rodrigues - Santos


Interação


O vírus mortal continua a fazer vítimas mundo afora e, por aqui, não é diferente, mas há quem ache que as portas devem ser escancaradas em nome de quem ou de quê? Nessa hora, aparecem especialistas, que encontram justificativas nem sempre válidas. A presidente do Conselho Nacional de Educação acredita que é importante o retorno dos alunos às salas de aula e o Secretário Estadual de Educação entende que nada substitui a interação presencial. Nós, leigos, percebemos o retorno das UTI´s abarrotadas, que permitirá, sem dúvida, excelente interação entre pacientes e profissionais de saúde.
Carlos D. N. da Gama Neto - Santos


Timão


O SCCP (Timão) conseguiu enorme reforço. No dia 31 de dezembro, terminou o contrato do jogador argentino Boselli. Em dois anos no clube, ele marcou 16 gols em 66 jogos. Uma média invejável por partida!
João Horário Caramez - Santos


Jovem idealista


Considerado um dos maiores físicos teóricos da Rússia, exímio matemático e dotado de intuição profunda, Matvei Bronstein deu sequência, nos anos 30, ao trabalho de Einstein sobre o campo gravitacional, cotejando-o com a então nascente mecânica quântica. Graças a ele, a gravitação quântica tornou-se hoje um dos pilares do estudo sobre o espaço e o tempo. Mas Matvei também foi um jovem idealista, convicto na revolução comunista como caminho para uma sociedade melhor, sem injustiças e desigualdades. Entusiasmado por Lenin a princípio, tornou-se dissidente do regime quando Stalin assumiu o poder. Foi perseguido, preso e condenado à morte. Sua execução ocorreu no mesmo dia em que foi processado. Tinha 30 anos de idade.
Francisco Pedro Reis Junior - Santos


Imoralidade


Reajustar em 46% o próprio salário e, consequentemente, do vice-prefeito e dos secretários foi uma ação imoral aprovada pelo prefeito Bruno Covas, por mais que entre em vigor somente em 2022. Diante de um cenário alarmante, em virtude da pandemia, e considerando a média de renda da população, essa atitude foi um tapa na cara da sociedade e um ato de esnobar a realidade.
Wagner Fernandes Guardia - São Vicente


Desrespeito


Deploráveis as atitudes de desrespeito aos protocolos de higiene sanitária. Ignora-se o sentido da festa, por uma tietagem esdrúxula e sem sentido. Narciso, por quem nutro profundo respeito, pelo o que já enfrentou e venceu na vida, deveria ter se posicionado contra. O Santos F.C. não poderia ter se curvado aos desmandos que infringem qualquer tipo de lei. Uma "Ação Solidária", que perde seu sentido quando o verdadeiro espírito de ajuda cai por terra, pela sandice "tieteira" de pessoas que desonram o templo sagrado da Vila Belmiro. Não falo pela presença ou não de quem quer que seja, mas pelos atos de desrespeito às recomendações sanitárias de prevenção a Covid-19, protagonizadas pelos jogadores, dirigentes do clube e o alto mandatário da Nação.
Marcio Marques Gomes - São Vicente


Tudo sobre:
Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna. As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.
Logo A Tribuna