Vacinação no Estado de São Paulo: De 2ª a 2ª

O governo paulista prevê o início da vacinação para o dia 25 de janeiro

Por: Paulo Corrêa Jr  -  07/01/21  -  12:18
Atualizado em 07/01/21 - 13:03
Fatores como 13º salário e auxílio emergencial devem impulsionar vendas para o Natal em São Vicente
Fatores como 13º salário e auxílio emergencial devem impulsionar vendas para o Natal em São Vicente   Foto: Vanessa Rodrigues/ AT

Cumprindo o cronograma do Plano de Imunização contra a Covid-19 que já havia sido divulgado há questão de semanas, o governo do Estado de São Paulo prevê o início da vacinação para o dia 25 de janeiro próximo. Hoje, quinta-feira, o Instituto Butantan deverá divulgar o resultado da eficácia da vacina e registrar o pedido de liberação emergencial.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Algumas cidades da Baixada Santista, que encontram-se hoje na fase amarela do Plano São Paulo após algumas datas classificadas como vermelha, já têm definidas suas estratégias para cumprir o cronograma de acordo com o que foi definido pleno Estado.


Assim como todo o Estado, a vacinação em nossa região tem início previsto para 25 de janeiro, começando pelos trabalhadores da saúde, indígenas e quilombolas. Na sequência, com intervalos de aproximadamente duas semanas, os mais idosos, até chegar aos mais novos. A ideia é que essa operação funcione todos os dias da semana, incluindo domingos e feriados, com escala de horário reduzida aos finais de semana.


Levando-se em consideração o descumprimento das regras de isolamento impostas pelo Governador, com incontáveis festas com aglomeração sendo registradas em cidades espalhadas por todo estado de São Paulo, tornou-se uma incógnita a reação dos números de contaminados semanas e, ainda que não tenha crescido vertiginosamente, o número de casos em toda a Baixada Santista é preocupante e temos que trabalhar e cobrar muito do Estado para que o cronograma de vacinação seja mantido e cumprido à risca.


Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna. As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.
Logo A Tribuna