Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Hacker espalha morte de modelo de Praia Grande e pede dinheiro para cobrir custos do velório

Apesar do 'golpe', nenhum amigo ou familiar depositou qualquer quantia na conta do estelionatário.

Por: Alexandre Lopes  -  22/02/21  -  10:45
Atualizado em 22/02/21 - 11:08
Modelo teve a 'própria morte' divulgada pelas redes sociais
Modelo teve a 'própria morte' divulgada pelas redes sociais   Foto: Arquivo Pessoal

Uma modelo de Praia Grande, no litoral de São Paulo, sofreu um golpe 'inusitado'. Um hacker invadiu a rede social da garota, de 21 anos, e anunciou a morte dela, pedindo dinheiro para organizar o velório. A conta de Bruna Vitória Barros já foi recuperada e a polícia investiga o caso.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


A jovem notou algo 'estranho' quando não conseguiu logar na conta, que teve a senha alterada. Apesar do problema, ela foi fazer um tratamento estético e ficou cerca de duas horas desconectada. O telefone, porém, começou a tocar e Bruna recebeu a notícia de que ela teria 'morrido'.


O criminoso usou os 'stories' para publicar uma sequência de mensagens:


- Colegas e amigos da Bruna, venho informar que ela faleceu nesta madrugada.
- Quem conhece a Bruna sabe que a família é muito simples. Nós não temos dinheiro para o velório. Quem puder ajudar...


Rapidamente, familiares e amigos da modelo começaram a acionar os conhecidos para divulgar que se tratava de um golpe. Por conta da agilidade em resolver a situação, ninguém depositou dinheiro para o criminoso. Até o momento, porém, a Polícia Civil ainda não identificou o autor do ataque.


Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a linha editorial e ideológica do Grupo Tribuna. As empresas que formam o Grupo Tribuna não se responsabilizam e nem podem ser responsabilizadas pelos artigos publicados neste espaço.
Logo A Tribuna