EDIÇÃO DIGITAL

Terça-feira

11 de Dezembro de 2018

Sete dicas para quem vai fazer um cruzeiro pela primeira vez

Checar a cabine, não exagerar na bagagem e não deixar para fazer o check-in em cima da hora são alguns dos tópicos importantes

Cruzeiros marítimos têm se tornado uma grande tendência entre os viajantes brasileiros. Desde 2004 o mercado de turismo está atento ao crescimento da procura por esse tipo de viagem, e se especializa para oferecer o que há de melhor em questão de infraestrutura e comodidade.

Fazer as malas e navegar em um navio, é um passeio que reúne diversas vantagens em uma só viagem: conforto, segurança e uma relação custo-benefício que agrada desde solteiros até famílias inteiras. Por isso, o personal travel Luis Ruiz, reuniu sete dicas para os marinheiros de primeira viagem. 

 

Check-in

O check-in costuma ser rápido (de 20 a 30 minutos), mas não deixe para o horário limite. Chegue com quatro horas de antecedência, pelo menos, para não correr o risco de perder o embarque.

Pacotes e passeios

Compre os passeios que deseja fazer, o pacote de internet e o de bebidas antes de embarcar. É possível parcelar em até 10 vezes. Caso opte por comprar no navio, principalmente em viagens internacionais, o pagamento pode ser em moeda estrangeira e à vista.

 

Bagagens

O limite de bagagem para viagens de navio é de 90 kg por pessoa.

Nada de alimentos

Não é permitido o embarque com alimentos ou bebidas compradas fora do navio ou no porto.

Confira a cabine

Confira o tipo de cabine que está comprando antes de fechar o pacote. Algumas cabines oferecem benefícios específicos como, por exemplo, café da manhã no quarto. Outras disponibilizam acesso aos Spas.

Cartão

Leve cartão de débito/crédito, são excelentes formas de pagar o que for consumido no navio.

Antecedência

Reserve sua cabine com antecedência, quanto antes, mais fácil será encontrar uma boa cabine com um excelente valor.

Ainda de acordo com Luis, a organização é fundamental para qualquer tipo de viagem, principalmente se é a primeira experiência. “Pesquise tudo com antecedência, desde a escolha da cabine até o que levará na mala. Esse é um tipo de viagem que aconselho para todos, pois é uma maneira de explorar novos ares e conhecer lugares belíssimos, além de claro, usufruir da excelente estrutura que esses navios e companhias oferecem”, finaliza.