EDIÇÃO DIGITAL

Terça-feira

14 de Julho de 2020

Em meio ao deserto, um oásis de sal

O empreendimento, construído em perfeita harmonia com a natureza, oferece uma série de passeios pela região

Em meio ao maior deserto de sal do mundo, o Salar de Uyuni, a sudoeste da Bolívia, fica o exótico Hotel Palácio de Sal. O empreendimento, construído em perfeita harmonia com a natureza, oferece uma série de passeios pela região.

Para começar, os hóspedes devem, claro, percorrer o impressionante Salar, que tem 12 mil metros quadrados e está a aproximadamente 3.500 metros de altitude e a 600 quilômetros da capital La Paz. É uma imensidão branca, resultado da evaporação de antigos lagos.

Outras atrações turísticas impressionantes são a Reserva Natural Eduardo Avaroa, onde é possível encontrar diferentes vulcões, como o imponente Licancabur, e em cujos pés fica a Lagoa Verde; as Lagunas de Colores, com destaque para a Colorada, lar de flamingos da espécie James, que só pode ser encontrada lá. Ainda há inúmeras paisagens de formações rochosas com pedras vulcânicas, como a Itália Perdida e a Árvore de Pedra, além do Deserto Dali, cuja paisagem parece ter sido extraída de alguma obra de arte do famoso pintor espanhol surrealista.

Gêiseres

As opções de tours continuam com os gêiseres Sol de Mañana; as águas termais de Polques, que possuem uma grande riqueza de fauna e flora únicas na região; Sucre, capital constitucional da Bolívia; e Potosí, onde fica a maior mina de prata do mundo.

A infraestrutura do Palácio de Sal conta com apenas 42 apartamentos, para garantir exclusividade e conforto. Há ainda o restaurante El Mesón, que combina o que há de melhor na gastronomia local com as mais novas técnicas, e o Concept Spa. Aconchegante, moderno e sofisticado, o espaço tem profissionais altamente qualificados e experiências únicas e revitalizantes. Tudo com uma privilegiada vista do Salar de Uyuni.

Mais informações no site ou no perfil de Instagram @palaciodesal.

Tudo sobre: