EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

13 de Agosto de 2020

E a rotina pela Rota 66, nos Estados Unidos, continua

De gigantes na estrada a hotel das estrelas, tem de tudo na segunda etapa de nossa jornada nos EUA

Nenhum trecho de asfalto alimentou tanto a imaginação de viajantes da mesma forma que a Rota 66 nos EUA. Continuando nossa viagem pela Main Street of America, que termina no próximo domingo, atravessaremos hoje quatro estados, começando por Kansas, o menor trecho da Rota, com menos de 20 quilômetros.

O Kan-O-Tex, uma antiga estação de serviço restaurada por quatro mulheres, funciona hoje como lanchonete e loja de suvenires e obras de artesãos e artistas locais. Tow Tater, o caminhão de mineração que inspirou o divertido personagem Tow Mater do filme Carros, é a “estrela” do local e ainda funciona, podendo inclusive ser contratado para aparecer em eventos especiais.

Em Kansas City também vale a visita ao primeiro museu americano dedicado exclusivamente ao jazz. Instalações supermodernas ajudam a contar de forma bem dinâmica e interativa a história deste estilo musical. Já Oklahoma, o próximo estado, abriga um dos principais símbolos da rota 66: a simpática Baleia Azul.

Com um boné de beisebol na cabeça e um sorriso encantador, o curioso e gigantesco monumento construído no início dos anos 70, como um presente de aniversário à cidade de Catoosa, tornou-se uma atração obrigatória aos aventureiros da Rota 66. É possível pescar no lago, enquanto a criançada escala o enorme mamífero de cimento jovial. O local é bastante usado para piqueniques e total interação entre viajantes e motociclistas do mundo todo.

O museu da Rota 66 conta a história da estrada mãe e seu impacto na cultura americana. Uma vasta coleção de itens catalogados desde 1920 retratam o eventual declínio e a nostalgia que rodeia a lendária estrada até os dias de hoje.

Tulsa

A cidade de Oklahoma conhecida por sua importância na indústria do petróleo, é também parada obrigatória. Há o famoso portal de entrada da cidade, com indicação da Rota 66, e o monumento em homenagem à estrada, mas a atração mais notória é tirar uma foto ao lado do Golden Driller, um gigante de concreto pesando 4.500 quilos e medindo mais de 23 metros de altura, considerado uma das estátuas mais altas dos EUA.

E por falar em estátua, a cidade possui uma que a criançada (e muito adulto também) adora: o Buck Atom Space Cowboy. Os fãs de Toy Story vão notar um híbrido entre Woody e Buzz Lightyear detalhados neste cowboy astronauta de sete metros de altura. A estátua de fibra de vidro é a mascote da divertida loja Cosmic Curios (prepare seus dólares) e também está na lista dos Muffler Man – estátuas americanas gigantes.

Inaugurado em 1939, o Rock Cafe, em Stroud, é uma atração popular da Rota 66 há várias gerações. Seu mundialmente famoso hambúrguer de jacaré é um dos pratos que fazem os clientes voltarem. Ao longo dos anos, o Rock Cafe serviu muitas celebridades, entre elas o vocalista do Led Zeppelin, Robert Plant, e o criador dos Simpsons,Matt Groening. DawnWelch, a dona do café, foi a inspiração para Sally Carrera, personagem de Carros, da Pixar.

Texas

Chegando no Texas, a parte da Rota 66 que se estende pelo estado é relativamente pequena (280 quilômetros), mas abriga paradas das mais emblemáticas, a começar pelo surreal Cadilac Ranch, em Amarillo, que inspirou a cultura pop desde canções até filmes, videoclipes e programas de TV. Os Cadilacs enterrados neste quase deserto ficam à disposição dos visitantes 24 horas por dia, sete dias por semana. É ainda permitido marcar seu nome com tinta spray nos carros desta locação símbolo da Route 66.

Pouco mais de 40 minutos do local, há o VW Slug Bug Ranch, uma analogia ao Cadilac Ranch, porém, feita com fuscas. Ambos são imperdíveis!

O Big Texan Steak Ranch, Amarillo, é um restaurante temático ao melhor estilo texano. Sua decoração remonta aos grandes saloons do velho oeste e na entrada é possível encontrar limusines brancas com enormes chifres nos capôs e muita gente com trajes típicos de velho oeste.

O local é excelente para toda a família e a diversão é 100% garantida, além, é claro, da melhor comida do Texas. Se você tiver coragem, e muita fome, há um desafio para quem comer um bife de 72 onças (dois quilos) em menos de uma hora. O evento tem direito a mesa restrita, placar eletrônico, e ainda toda sua conta paga pelo restaurante, caso finalize o desafio. Aos que não conseguem, a conta fica em US$ 72, fora o vexame.

Uma curiosidade: o recorde ainda é de Molly Schuyler, comedora competitiva que devorou não apenas um, mas três bifes de 72 onças em apenas 20 minutos, isto ainda acompanhado de três batatas assadas, três saladas laterais, três pãezinhos e três coquetéis de camarão. Convidá-la para jantar não parece uma boa opção.

A cidade de Adrian, Texas, é conhecida como o ponto médio da Rota 66, entre Chicago e Los Angeles. O sugestivo Mid Point Café, construído em 1928, é o café mais antigo em operação contínua na Texas Mother Road. Aplaca de ponto intermediário de Adrian é o ponto fotográfico obrigatório para o viajante registrar que metade do caminho já foi percorrido.

Novo México

Já dentro do Novo México, em Tucumcari, o Blue Swallow, hotel construído em 1939, é uma viagem ao passado. O emblemático letreiro de neon azul e rosa ainda impressiona e os quartos com garagem própria e tematizada continuam convidativos.

Como a voz de Chuck Berry já informava, alguns quilômetros à frente você encontrará Gallup, que entre suas atrações, o El Rancho Hotel, é definitivamente a melhor e a mais inesquecível das experiências. Construído em 1937 pelo irmão do diretor de cinema D.W. Griffith, o hotel recebia equipes de filmagem e grandes astros, entre eles Humphrey Bogart, Ronald Reagan, Katharine Hepburn e JohnWayne.

O hotel captura a essência de um pavilhão de caça no Velho Oeste, com seu saguão cavernoso de madeira escura, alvenaria e paredes repletas de fotos autografadas por astros de Hollywood. O neon anuncia que o hotel mantém o Charme de ontem com a conveniência de amanhã. O lugar é perfeito para passar uma noite agradável e descansar para seguir a jornada ao último capítulo desta road trip dos sonhos.

Tudo sobre: