CLUBE IMPRESSO ACERVO COVID
Moradores descartam lixo de forma irregular no bairro Anhanguera em Praia Grande
Via foi limpa no fim de abril, mas local voltou a ficar sujo antes do dia 5 de maio
Por: ATribuna.com.br  -  08/05/21  -  17:14
Atualizado em 08/05/21 - 17:43
Moradores descartam lixo de forma irregular no bairro Anhanguera em Praia Grande   Foto: Prefeitura de Praia Grande/Divulgação

A equipe da secretaria de Serviços Urbanos (Sesurb) registrou um montante de lixo descartado irregularmente pela população ocupa quadra inteira de rua no bairro Anhanguera, em Praia Grande. O espanto foi que a Sesurb realizou a limpeza do local em 27 de abril e, quando retornou, nesta quarta-feira (5), estava sujo novamente.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


O exemplo de falta de cidadania foi registrado pela Sesurb na rua Eduardo Xavier de Oliveira, onde a quadra da via localizada entre as Ruas Clóvis Batistas dos Santos e Antônio Cardoso Ferreira, Bairro Anhanguera, foi tomada de lixo e entulho, descartados irregularmente pelos moradores.


Nesta quinta-feira (6), o local passou novamente por limpezas pela Sesurb.


Uma das coisas que mais chama atenção nesse caso é que o local do descarte fica a exatos 56 metros do Ecoponto Anhanguera, localizado na Rua Clovis Batista dos Santos com Rua José Barbosa de Andrade, ou seja, caso a população estivesse em busca do local correto para esse descarte, bastaria caminhar menos de uma quadra até a unidade.


Além de afetar a aparência do local, esse descarte irregular traz muitos problemas urbanos. Um deles é prejudicar o escoamento da água de chuva não somente no trecho, mas também em todo bairro. O trecho sujo fica a uma quadra de um importante canal de drenagem na Avenida da Integração e esses detritos acabam obstruindo a passagem da água no local, podendo ocasionar, inclusive, enchentes nos arredores em dias de fortes chuvas.


A conservação da limpeza urbana é um importante fator para evitar diversos problemas sanitários como, por exemplo, proliferação de insetos e roedores, além de contágio de doenças.