Trump volta a defender muro na fronteira com o México

Presidente norte-americano pediu ao Congresso compromisso para superar a paralisação política, mas insistiu na necessidade de construir o muro

Por: France Presse  -  07/02/19  -  16:48
Trump esteve no Capitólio para o discurso sobre o Estado da União
Trump esteve no Capitólio para o discurso sobre o Estado da União   Foto: Doug Mills/France Presse

Diante do Congresso, o presidente americano, Donald Trump, pediu, na terça-feira (5) à noite, no Brasil madrugada de quarta-feira (6), a concórdia e o compromisso para superar a paralisação política, mas insistiu na necessidade de construir um muro na fronteira com o México, tema que provoca profundas divisões.


Trump usou o tradicional discurso anual sobre o Estado da União, exibido na TV em horário nobre para uma grande audiência, para pedir unidade, sem deixar de criticar o que considera investigações “ridículas” e “partidárias”, em referência ao inquérito sobre um suposto conluio de sua campanha presidencial com a Rússia, algo que ofusca seu mandato.


Dois anos após o início de seu mandato e com a reeleição em 2020 na mira, Trump enfrenta tudo menos unidade: os democratas controlam a Câmara de Representantes e os republicanos, o Senado. Mas sua retórica inflamada afeta sua posição até mesmo dentro de seu partido.


“Devemos rejeitar a política da vingança, a resistência e a represália”, disse Trump. 


Logo A Tribuna