Premiê japonês Shinzo Abe confirma que vai renunciar por questões de saúde

Premiê sofre de colite ulcerosa, o que motivou sua renúncia do cargo

O mais longevo primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, confirmou nesta sexta-feira (28), que vai renunciar ao cargo por questões de saúde. Abe, de 65 anos, disse em entrevista coletiva que permanecerá no posto até que um sucessor seja confirmado. Preocupações com problemas de saúde de Abe se intensificaram recentemente, após o premiê fazer duas visitas hospitalares para exames.

Abe sofre de colite ulcerosa, uma doença inflamatória intestinal Durante a coletiva, o primeiro-ministro disse que sua saúde piorou durante os meses do verão local e que passou a tomar novos medicamentos. Ele afirmou que o tratamento está dando resultados, mas que não se sente confiante para tomar decisões, diante de sua saúde debilitada.

Tudo sobre: