EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

8 de Agosto de 2020

Liderado por Sara Winter, grupo bolsonarista '300 do Brasil' faz protesto em frente ao STF

Vestidos de preto, manifestantes usavam máscaras e seguravam tochas e gritavam contra o ministro Alexandre de Moraes

O grupo bolsonarista que se autodenomina "300 do Brasil" fez um ato na noite deste sábado (30) em frente ao prédio do Supremo Tribunal Federal (STF) em Brasília. Liderados pela ativista Sara Winter, idealizadora do movimento, manifestantes vestiam roupas pretas e seguravam tochas enquanto gritavam contra o ministro Alexandre de Moraes. Alguns deles usavam máscaras.

O protesto procede o mandado de busca e apreensão contra Sara Winter referente ao inquérito das fake news conduzido por Alexandre de Moraes na última semana. Após o episódio, a ativista gravou vídeos proferindo ofensas ao ministro.

No ato deste sábado, ela, reunida com outros manifestantes pró-governo, bravavam contra a corte e Moraes. "Viemos cobrar, o STF não vai nos calar. Careca tocado, Alexandre descarado. Ministro, covarde, queremos liberdade. Inconstitucional, Alexandre imoral", diziam repetidamente.

A manifestação foi divulgada pelo próprio grupo nas redes sociais. Internautas reagiram de diferentes formas: pedindo a prisão de Sara Winter, se dizendo envergonhados pelo ato, parabenizando os manifestantes e declarando apoio ao presidente Jair Bolsonaro.

*Com informações do UOL

Publicado por Sara Winter em Sábado, 30 de maio de 2020
Tudo sobre: