Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Apoiadores de Trump invadem Capitólio e interrompem sessão que daria vitória a Biden

Congresso Americano teve de ser fechado após ação de manifestantes que apoiam o atual presidente

Por: Do Estadão Conteúdo  -  06/01/21  -  20:01
Atualizado em 06/01/21 - 20:05
Capitólio teve de ser fechado após invasão de apoiadores de Donald Trump
Capitólio teve de ser fechado após invasão de apoiadores de Donald Trump   Foto: Estadão Conteúdo/AP

Os debates na Câmara dos Representantes e no Senado dos Estados Unidos sobre a certificação da vitória de Joe Biden na eleição presidencial foram temporariamente interrompidos na tarde desta quarta-feira (6), após apoiadores do atual presidente, Donald Trump, invadirem o Capitólio. As salas onde estão os congressistas estão fechadas.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Antes de conseguirem entrar no prédio do Congresso, os manifestantes derrubaram barricadas de metal na parte inferior dos degraus do Capitólio e obrigaram a polícia a fechar o prédio Alguns tentaram passar pelos policiais, que, por sua vez, foram vistos atirando spray de pimenta na multidão para mantê-los afastados.


Logo após o início da sessão, os legisladores aliados de Trump questionaram a certificação dos votos do Arizona. Quando há uma objeção, os congressistas realizam um debate que pode durar até duas horas. Por isso, é esperado que a sessão se estenda até a noite.


O vice-presidente americano, Mike Pence, que preside a sessão, declarou em carta enviada aos legisladores que não pode interferir no processo, depois de ter sido pressionado por Trump.


Já o líder do Partido Republicano no Senado, Mitch McConnell, disse que as eleições de novembro de 2020 não foram "roubadas" e que não houve fraude disseminada no pleito.


Logo A Tribuna