Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

2º onda de Covid-19 faz aprovação de Bolsonaro cair para 31%, aponta Datafolha

Resultado atual representa uma retração de seis pontos percentuais em relação ao levantamento de dezembro, no qual a aprovação do presidente da República estava em 37%

Por: Por ATribuna.com.br  -  23/01/21  -  12:15
Presidente vetou obrigatoriedade de uso de máscaras em templos, comércios e escolas
Presidente vetou obrigatoriedade de uso de máscaras em templos, comércios e escolas   Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

A escalada de novas casos de Covid-19 e a crise de gestão da pandemia de afetaram a popularidade do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), aponta nova rodada de pesquisa do Datafolha. Segundo o instituto, apenas 31% dos ouvidos avaliam o presidente como ótimo ou bom – eram 37% na última pesquisa.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Essa é a maior queda de aprovação de Bolsonaro desde o início de seu governo, em janeiro de 2019. A taxa de avaliação como ruim ou péssimo subiu para 40% ante os 32% registrados no levantamento realizado no início de dezembro. Outros 26% avaliaram como regular (antes eram 29%).


A rejeição de Bolsonaro se aproxima do pior cenário já registrado em seu mandato. Em junho de 2020, 44% dos entrevistados o rejeitavam, enquanto 32% mostraram apoio ao presidente.


Bolsonaro segue sendo o presidente com a pior avaliação no atual estágio de seu governo desde 1989. Pior do que ele somente a avaliação de Fernando Collor, em 1992, que teve 48% de rejeição e 15% de aprovação.


O Instituto entrevistou 2.030 pessoas, por telefone, em todo o país, entre os dias 20 e 21 de janeiro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.


* Com informações da Folha de S.Paulo eJovemPan


Logo A Tribuna