EDIÇÃO DIGITAL

Quarta-feira

27 de Maio de 2020

Receita Federal apreende 519 quilos de cocaína no Porto de Santos

Droga estava escondida em duas cargas. Uma tinha como destino a Costa do Marfim, com transbordo na Bélgica, enquanto a outra iria para a Síria

A Receita Federal localizou 519 quilos de cocaína em duas cargas no Porto de Santos. A ação ocorreu na madrugada desta quinta-feira (21). Segundo equipes da Alfândega, a droga estava escondida em carregamentos prestes a serem exportados

A primeira apreensão ocorreu durante trabalho regular em um dos terminais de contêineres localizados no Porto de Santos, onde foram encontrados 146 quilos de cocaína ocultas em um carregamento de açúcar. O destino final da carga seria a Costa do Marfim, mas com transbordo no porto de Antuérpia, na Bélgica.

Segundo a Receita, em função das características observadas, suspeita-se ter ocorrido a técnica criminosa denominada “Rip-Off modality”, em que a droga é inserida em uma carga lícita sem o conhecimento dos exportadores e importadores.

Na segunda apreensão, o entorpecente estava escondido em uma carga de três geradores, um compressor e uma unidade de ar comprimido. O destino final seria o porto de Lataquia, na Síria, e foram encontrados 373 quilos de cocaína. Dada a dificuldade apresentada para a retirada da droga, os trabalhos foram concluídos somente no final da tarde desta quinta.

Nas duas apreensões a seleção para conferência foi feita através de critérios objetivos de análise de risco, incluindo a inspeção não intrusiva por escâner e utilização dos cães de faro da Unidade.

A droga interceptada pela Alfândega foi entregue à Polícia Federal, que acompanhou a operação a partir de sua localização, e que prosseguirá com as investigações, a partir das informações fornecidas pela Receita.

Tudo sobre: