Policiais são recebidos a tiros ao reprimirem baile funk a céu aberto em Guarujá

Após tiroreio, marginais conseguiram fugir em direção à Viela do Campo; policiais não foram feridos

Por: Eduardo Velozo Fuccia  -  13/11/18  -  10:00
Guarujá registrou 32 ocorrências na última temporada de verão
Guarujá registrou 32 ocorrências na última temporada de verão   Foto: Reprodução/Google Maps

Acionados para reprimir um baile funk que era realizado na madrugada de segunda-feira (12) na comunidade da Maré Mansa, em Guarujá, policiais militares foram recebidos a tiros, mas escaparam ilesos.


Segundo os policiais, várias pessoas telefonaram ao número 190 para reclamar do barulho causado pelo “pistão” (denominação dada aos bailes funk clandestinos realizados a céu aberto).


Várias viaturas se dirigiram ao local indicado nas denúncias. Após desembarcarem delas, por volta de 1h30, os PMs iniciaram incursão a pé pela Rua Luís Custódio do Vale. Inúmeros desconhecidos se dispersaram e foram ouvidos gritos “atira, Batata, atira, R2”.


Em seguida, os policiais tiveram que se proteger de disparos efetuados em sua direção. Houve muita correria e os PMs revidaram os tiros, mas os marginais conseguiram fugir em direção à Viela do Campo, não sendo identificados.


No momento do revide, os policiais salientaram que não havia outras pessoas na linha de tiro, além dos marginais que dispararam. Após o tiroteio, os PMs fizeram uma varredura pela área.


Na rota de fuga dos criminosos foram encontrados quatro cartuchos deflagrados de escopeta calibre 12, duas munições intactas de revólver 38 e diversas porções de cocaína e maconha, além de frascos contendo lança-perfume caseiro.


Todos os materiais foram apreendidos e apresentados pelos policiais militares na Delegacia de Guarujá, onde estava de plantão a equipe do delegado Josias Teixeira de Souza.


Logo A Tribuna