Polícia Militar esclarece ‘tiroteio’ em escola no bairro Jabaquara em Santos

Barulhos de tiros assustaram moradores na noite desta segunda-feira (24)

Por: ATribuna.com.br  -  25/10/22  -  08:30
Simulações aconteceram na Unidade Municipal de Educação (UME) Paulo Gomes Barbosa, no Jabaquara
Simulações aconteceram na Unidade Municipal de Educação (UME) Paulo Gomes Barbosa, no Jabaquara   Foto: Carlos Nogueira/AT

Barulhos de tiros chamaram atenção e assustaram moradores do bairro Jabaquara para um suposto tiroteio na região na noite desta segunda-feira (24), em Santos. No entanto, o som foi fruto de um treinamento da Polícia Militar (PM) para casos de ataques a escolas.


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


Em nota, o Sexto Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I) esclareceu que exercícios simulados aconteceram entre 19h e 20h20, na Unidade Municipal de Educação (UME) Paulo Gomes Barbosa, com objetivo de treinar policiais “no atendimento de ocorrências com ‘atirador ativo’, situação em que uma pessoa armada ingressa em uma escola com a intenção de praticar múltiplos homicídios”.


Desta forma, o treinamento foi focado em agentes que atuam na atividade operacional, principalmente na Ronda Escolar, e contou com apoio de viaturas na área externa para orientar as pessoas que acreditassem na ocorrência. As simulações aconteceram “exclusivamente com policiais militares em ambiente interno da escola, fora do horário de aulas e sem qualquer acesso ao público”.


Segundo a PM, os cenários procuraram caracterizar um ambiente de crise em todos os aspectos e, ao final do treinamento, a escola foi vistoriada. Todo o material utilizado foi recolhido sem nenhum incidente e não houve impactos no trânsito local, que foi monitorado pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).


Logo A Tribuna
Newsletter