Polícia apreende arma de fogo de homem que ameaçava esposa em Santos

Arma estava com outro homem em um estacionamento e foi apreendida. Portador foi autuado por posse irregular de arma de fogo. Caso aconteceu na Vila Mathias

Por: Por ATribuna.com.br  -  20/02/21  -  17:19
Arma e munições foram apreendidas. Portador foi autuado por posse ilegal
Arma e munições foram apreendidas. Portador foi autuado por posse ilegal   Foto: Divulgação/Deinter-6

Policiais da Delegacia de Defesa da Mulher de Santos, apreenderam, na última terça-feira (16), um revólver calibre 38 que foi utilizado por um homem de 51 anos, para ameaçar a companheira de 48 anos, no bairro Vila Mathias, em Santos.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


No último dia 11, a vítima compareceu à Delegacia, noticiando que havia sofrido violência física e psicológica do seu companheiro, com quem convivia maritalmente há mais de 30 anos, informando também que com ele possuía 4 filhos. Foi registrada ocorrência de lesão corporal e ameaça, momento em que a equipe apurou que o indivíduo possuía arma de fogo em seu nome, e que, segundo a vítima, já havia, inclusive, sido utilizada para ameaçá-la.


A autoridade policial responsável imediatamente representou pela expedição de mandado de busca e apreensão na residência do suspeito, que foi deferida pelo Poder Judiciário. Na posse do mandado, os investigadores foram até o local, e após procederem buscas, conseguiram localizar o porte da arma número 1957/94, com validade em 30 de agosto de 1995, em nome do investigado, e ainda o registro do revólver e 9 munições intactas calibre 38.


Indagado pela equipe, o suspeito informou que havia emprestado a arma um amigo, momento em que a equipe diligenciou ao endereço indicado, verificando-se tratar de um estacionamento, e lá localizaram o revólver, e ainda 4 munições intactas, no interior de uma gaveta. O homem que portava a arma (60 anos) informou que o suspeito lhe devia dinheiro e por isso havia deixado a arma como garantia.


A arma e as munições foram apreendidas, e o homem foi autuado pelo crime de posse irregular de arma de fogo.
Diligências continuam, acerca da violência praticada pelo suspeito contra sua companheira.


Logo A Tribuna