Polícia investiga assassinatos de ex-prefeito e esposa em SP

Valfrido Cauneto e Maria Vanda Bernardelli Cauneto foram mortos a tiros, em Santo Expedito, no interior. Atualmente, ele era vereador na cidade

A Polícia Civil investiga os assassinatos do ex-prefeito de Santo Expedito, Valfrido Cauneto (PP), de 76 anos, e sua esposa, Maria Vanda Bernardelli Cauneto, de 68 anos. Os dois foram encontrados mortos, com marcas de tiros, na madrugada da última quinta-feira (23). As informações são do portal de notícias G1.

Santo Expedito fica cerca de 600 quilômetros distante da capital, São Paulo. Valfrido, atualmente, era vereador no município. Os corpos foram localizados pelo filho do casal, dentro da propriedade rual da família. Ele teria chego ao local, por volta das 4h30, para ordenhar vacas com o pai, e encontrou um dos idosos, já morto, em um quarto. A porta dos fundos da casa estava aberta, sem sinais de arrombamento.

Valfrido Cauneto tinha uma perfuração por bala na cabeça (Foto: Reprodução/Câmara Municipal de Santo Expedito)

Um perito de São Paulo foi acionado para fazer o levantamento de impressões digitais. Os corpos das vítimas foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML), na cidade de Presidente Prudente. A Câmara Municipal de Santo Expedito decretou luto oficial de três dias.Segundo a polícia, o corpo de Valfrido Cauneto tinha uma perfuração por bala na cabeça. Já Maria Vanda foi ferida mortalmente pelas costas. A propriedade é cercada por câmeras, mas a central com as imagens do circuito de segurança foi levada pelo autor do crime.

*com informações do G1

Tudo sobre: