EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

22 de Novembro de 2019

Polícia Ambiental flagra pesca irregular e apreende mais de 2 t de camarão em Mongaguá

Embarcação de Santa Catarina foi apreendida e multada em R$ 178 mil

Agentes da 5ª Companhia de Polícia Militar Ambiental Marítima (Ciamar) flagraram uma embarcação que fazia pesca irregular de camarão na Área de Proteção Ambiental Marinha Litoral Centro (APAMLC), em Mongaguá. Ao todo, foram apreendidas mais de duas toneladas de pescado e aplicada uma multa de mais de R$ 178.000.

Policiais realizavam patrulhamento no interior da área de proteção, no setor Carijó, quando flagraram uma embarcação pesqueira, de Santa Catarina, realizando a prática de arrasto de camarão.

Durante a abordagem, foi constatado que dois dos três tripulantes a bordo da embarcação estavam irregulares, um deles com a Carteira de Pescador Profissional fora da validade, e o outro não possuía o documento, contrariando a legislação vigente.

Foram apreendidas, além da embarcação, quatro portas utilizadas para a prática de pesca, duas redes de arrasto e 2,2 toneladas de camarão sete-barbas, que foram doadas a dez instituições beneficentes da Baixada Santista.

Os tripulantes receberam, também, dois autos de infração ambiental por “pescar sem a respectiva autorização do órgão ambiental competente”, com base no artigo 38 da resolução SMA 48/14, totalizando R$ 178.800 em multas.

Tudo sobre: