EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

15 de Agosto de 2020

Mulher quebra vidro de viatura e agride guardas ao ser advertida por som alto em Guarujá

A mulher ficou irada ao ser repreendida por ouvir música em volume alto, à noite, em sua casa

Rosimeire Almeida Santos, de 40 anos, quebrou o para-brisa de uma viatura da Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarujá com uma pedrada e ainda atirou um sapato e outra pedra nos rostos de dois agentes. Presa em flagrante por lesão corporal e dano contra o patrimônio público, ela foi liberada após pagar fiança de R$ 2 mil. A mulher ficou irada ao ser repreendida por ouvir música em volume alto, à noite, em sua casa.

O imóvel está situado na Rua dos Girassóis, no Balneário Praia de Pernambuco. Equipe da Força-tarefa da GCM se dirigiu até lá às 23h30 de sábado para checar denúncias anônimas de “perturbação de sossego”. Ela constatou que, de fato, o som estava alto, principalmente devido ao horário. Segundo os guardas, Rosimeire e o seu companheiro ficaram “alterados e agressivos” ao serem advertidos e terem os documentos solicitados.

Um homem, de 49 anos, tentou avançar em um dos guardas, formando-se um tumulto. Ele também foi detido e levado à Delegacia de Guarujá, mas apenas a sua mulher foi autuada em flagrante pela delegada Maria Aparecida Scanavacca. O casal não possui antecedentes criminais, conforme revelou pesquisa ao banco de dados da Polícia Civil.

Tudo sobre: