CLUBE IMPRESSO ACERVO COVID
Mulher cola mensagem em porta após ameaçar vizinhas em Santos: 'Pretas de espíritos imundos'
Nutricionista foi presa na quarta, acusada de ameaçar vizinhas e praticar injúrias raciais, mas pagou fiança
Por: Carlos da Hora  -  08/05/21  -  14:16
Atualizado em 08/05/21 - 15:41
Mensagem deixada em porta ofende moradores e conta com injúria racial   Foto: Arquivo Pessoal

Uma das vizinhas ameaçadas por uma nutricionista com uma barra de ferro na última quarta-feira (5), em Santos, desabafou sobre o caso. Ela e a outra vítima realizaram outro boletim de ocorrência por conta de um recado deixado pela mulher na porta de seu apartamento.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Em contato com ATribuna.com.br, a moradora do condomínio localizado na Avenida General Francisco Glicério contou que a vizinha já vem ofendendo diversos moradores e profissionais que trabalham no prédio há quase 1 ano. "Ela mora aqui há 27 anos, é uma das primeiras moradoras do prédio, assim como eu. Ela sempre foi muito isolada e problemática, mas de uns oito meses para cá ela começou a ofender as pessoas".


Segundo a moradora, que preferiu não se identificar, houve até injúrias raciais por parte da mulher. "O racismo começou com o zelador. Depois ela começou a implicar com a outra moça que mora no prédio".


O auge da confusão aconteceu na quarta-feira, quando a mulher chegou a ser presa por ameaçar as duas vizinhas com uma barra de ferro. Contudo, três dias após a autuação e o pagamento da fiança na delegacia, as provocações retornaram logo que retornou ao prédio.


Caso ocorreu em prédio localizado na extensão da Avenida General Francisco Glicério   Foto: Alexsander Ferraz/AT

Ao sair de casa neste sábado (8), uma das vizinhas notou um cartaz colocado na porta do apartamento da mulher. "Eu não tenho medo nenhum dos 'elementos do crime' instalados neste edifício! Continuo com o mesmo pensar referente aos negros, pretos, negras e pretas de espíritos imundos", diz parte da mensagem.


"Não passou nem dois dias dessa confusão e ela já voltou com essas mensagens, se não for feito nada agora, eu tenho certeza que ela comprará outra barra de ferro", lamenta a mulher. Com isso, outro boletim de ocorrência foi feito por conta da mensagem. O caso foi registrado como ameaça, injúria e difamação no 7º DP de Santos.


Relembre o caso


Uma nutricionista de 55 anos foi presa em flagrante por injúria racial e ameaça em Santos, na madrugada de quarta-feira (5), no José Menino. Ela teria ameaçado matar duas vizinhas com uma barra de ferro.


Segundo as vítimas, a mulher costuma atirar garrafas nos corredores e já as ameaçou de morte. A situação estaria ocorrendo desde novembro de 2020.


A agressora foi detida pelos policiais quando enquanto praticava ofensas racistas contra as vítimas. Ela foi levada para a delegacia, onde foi arbitrada fiança no valor de R$ 1,5 mil. O caso foi registrado como injúria, dano e ameaça no 7º DP de Santos.