Jovem é preso em flagrante por golpe em compra na internet em Santos

Rapaz de 24 anos simulou um pagamento pelo banco por um celular e, ainda, enviou à dona do aparelho um e-mail falso de um site especializado em compra e venda

Por: Eduardo Velozo Fuccia  -  15/01/19  -  23:35
Jovem de 24 anos simulou uma compra de celular pela internet e acabou sendo preso em flagrante
Jovem de 24 anos simulou uma compra de celular pela internet e acabou sendo preso em flagrante   Foto: Reprodução

Uma transação pela internet envolvendo um iPhone 7 Plus resultou na prisão em flagrante de um jovem de 24 anos, na manhã desta terça-feira (15), em Santos. Após simular um pagamento pelo banco, ele enviou à dona do aparelho e-mail falso de um site especializado em compra e venda.


Imaginando que o interessado houvesse pago os R$ 3.100 solicitados pelo iPhone, a vítima enviou o aparelho por Sedex 10 (serviço dos Correios que garante a remessa de documentos e mercadorias até às 10 horas do dia útil seguinte).


O negócio foi fechado na segunda-feira (14). A vítima é uma estudante de 18 anos, moradora de Bauru. Ela percebeu o golpe na mesma data, mas, após despachar o produto. Por isso, se dirigiu à Central de Polícia Judiciária (CPJ) do município e registrou o estelionato. Outra providência da jovem foi telefonar, no início da manhã de segunda-feira (14), ao 1º Distrito Policial de Santos, porque o comprador indicou um edifício na Avenida São Francisco, no Centro, como o local da entrega.


Os investigadores Victor Silvério e Ubirânio Gama conversaram com a vítima por telefone, e foram ao prédio em seguida. Na portaria, eles se depararam com o suspeito, que havia fornecido o seu nome verdadeiro para a prática do golpe.


Apesar de não residir no condomínio, o acusado forneceu o endereço do local para receber o iPhone por ser conhecido de moradores de lá. Os policiais, agora, apuram o provável envolvimento de outras pessoas.


O delegado Max Pilotto autuou o jovem em flagrante por tentativa de estelionato. Sem pagar fiança, fixada em R$ 1 mil, o rapaz foi recolhido à cadeia. O acusado se dirigiu ao edifício em seu Gol, que foi revistado. De acordo com os investigadores, dentro do carro, havia um relógio Apple Watch, adquirido de uma vítima do Piauí por meio de golpe idêntico pela internet.


Logo A Tribuna