EDIÇÃO DIGITAL

Domingo

9 de Agosto de 2020

Jovem de 15 anos é estuprada após voltar de passeio de patins em Praia Grande

Suspeito cometeu crime sexual e ordenou que vítima se passasse por sua namorada, para não levantar suspeita

Uma jovem de 15 anos foi vítima de estupro, em Praia Grande, quando retornava para casa após sair para andar de patins. O suspeito, que ainda não foi localizado, teria se passado como 'namorado' para não atrair suspeitas. O caso está sob investigação da Polícia Civil.

A adolescente saiu para andar de patins, prática que faz todos os dias, por volta das 19h de quarta-feira (17). Ela se encaminhou até a orla da praia do Guilhermina, quando foi abordada por um homem, de aproximadamente 20 anos, que estava em uma bicicleta.

A jovem fez o seu passeio de eventual, mas foi abordada novamente pelo suspeito quando retornava para casa. Durante o trajeto, conforme a vítima explicou ao G1, o homem a agarrou, forçou dar um beijo e cometeu o ato sexual no meio da rua, que era estreita e tinha pouco movimento na hora. A jovem chegou a ser ameaçada de morte pelo homem.

Momentos após o crime, um rapaz, de bicicleta, passava pelo local. O suspeito, então, ordenou que a adolescente desse as mãos para ele, encenando que a dupla era um casal para não levantar suspeitas. Ela foi liberada minutos depois, na esquina seguinte, enquanto que o suspeito fugiu.

Ao chegar em casa, ela contou aos familiares sobre o ocorrido. A jovem, então, foi levada a um pronto-socorro da cidade e encaminhada a um hospital, onde realizou exames e tomou um coquetel de remédios para evitar doenças sexualmente transmissíveis.

A vítima, acompanhada dos familiares, foi até a Delegacia de Defesa da Mulher de Praia Grande, onde prestou depoimento e o boletim de ocorrência foi registrado. A Polícia Civil prosseguirá com as investigações.

Tudo sobre: