Idosa de Santos cai em golpe do sequestro do filho e vende joias para pagar R$ 200 mil

A mulher também foi enganada pelo dono da joalheria

Por: ATribuna.com.br  -  09/02/24  -  06:40
Atualizado em 09/02/24 - 10:40
Com ajuda da Polícia Civil, idosa conseguiu recuperar parte das joias vendidas para pagar por falso resgate
Com ajuda da Polícia Civil, idosa conseguiu recuperar parte das joias vendidas para pagar por falso resgate   Foto: Deinter-6/Divulgação

Uma idosa de Santos foi enganada por criminosos que anunciaram, por telefone, um falso sequestro e exigiram o pagamento de R$ 200 mil para resgate. A vítima seria o filho da mulher. Para reunir o valor, ela optou por vender as joias da família.


Clique aqui para seguir agora o novo canal de A Tribuna no WhatsApp!


De acordo com a Polícia Civil, o golpe ocorreu em 24 de janeiro. Uma pessoa desconhecida fez a ligação afirmando ter sequestrado o filho da idosa e, segundo ela, a condição para resgatá-lo seria efetuar o depósito de R$ 200 mil ao bando.


Acompanhada da cuidadora, a vítima foi até uma joalheria, no bairro Aparecida, para negociar as joias e ter condições de pagar pelo suposto sequestro. Após vender os itens pessoais, a mulher fez a transferência de R$ 11.500,00 para a conta de um suspeito, morador do Rio de Janeiro.


Mas, depois de conseguir falar com o filho, a mulher viu que tinha sido vítima de um golpe. Em seguida, voltou à joalheria para explicar o ocorrido e resgatar os pertences, só que sua solicitação foi recusada pelo proprietário do estabelecimento.


Conforme a Polícia Civil, o comerciante teria se negado a devolver os itens, informando que já haviam sido derretidos. Devido a isso, a mulher acionou a polícia, que cumpriu um mandado de busca e apreensão na joalheria.


Durante inspeção no estabelecimento, os agentes recuperaram parte dos produtos comercializados, que foram devolvidos à idosa.


O comerciante prestou esclarecimentos sobre a ocorrência e a Polícia Civil segue com as investigações.


Logo A Tribuna
Newsletter