EDIÇÃO DIGITAL

Sexta-feira

22 de Novembro de 2019

Homem preso com droga e munições de fuzil 'orienta' delegado como agir em São Vicente

Suspeito queria que fossem periciadas a droga e as munições encontradas por policiais militares no porta-malas do Toyota Corolla por ele dirigido

Surpreendido com quase dois quilos de maconha e 13 munições de fuzil, em São Vicente, Miqueias da Conceição Silva, de 29 anos, quis provar a inocência ou, pelo menos, evitar a sua prisão em flagrante, orientando um delegado a realizar perícia que considerou necessária.

Assistido por uma advogada na Delegacia de São Vicente, Miqueias queria que fossem periciadas a droga e as munições encontradas por policiais militares no porta-malas do Toyota Corolla por ele dirigido. Alegou ser necessário detectar impressões digitais nos materiais.

Porém, o delegado Lucas Santana dos Santos considerou a perícia "inconclusiva" para condenar ou absolver o acusado e não a requereu. Motivo: os PMs foram obrigados a manusear a maconha e as munições para levá-las à delegacia.

Além disso, outras pessoas podem ter tocado no material antes dos policiais, comprometendo a finalidade e o resultado do exame. Não bastasse, ainda que Miqueias não tivesse manipulado o entorpecente e os cartuchos de fuzil, por si só, isso não prova inocência.

O crime de tráfico de drogas pressupõe diversas condutas, entre as quais a de "transportar", conforme expressa previsão do Artigo 33 da Lei 11.343/2016.

Com base nesse entendimento, o delegado não acatou a "recomendação" de Miqueias e o autuou em flagrante por tráfico e posse ilegal de munições de uso restrito, determinando o seu recolhimento à cadeia.

Miqueias responde a processo perante a 5ª Vara Criminal de Santos, porque no dia 20 de fevereiro de 2018 foi surpreendido por policiais militares com 100 munições de pistola 9 milímetros, um carregador Glock desse calibre com capacidade para 31 munições e R$ 1.350,00.

A prisão foi na Avenida Nossa Senhora de Fátima, na Areia Branca, Zona Noroeste de Santos. Miqueias pilotava uma moto Kawasaki Z750 com o número do motor raspado. O veículo ainda ostentava placa falsa.

Flagrante recente

Na noite da última segunda-feira (14), PMs suspeitaram do ocupantes de um Corolla branco que trafegava pela Rua Leonor Mendes de Barros, na Vila São Jorge, em São Vicente.

O carro estava em velocidade acima do permitido para a via. O veículo tem película escura nos vidros, que estavam erguidos, impossibilitando visualizar quem estava em seu interior.

Por esse motivo, foi feita a abordagem ao automóvel. Miqueias portava R$ 1.143,00 no bolso e trazia no porta-malas foram os 13 cartuchos de fuzil e dois tijolos de maconha totalizando 1.870 gramas.

Mais duas pessoas estavam no carro, sendo ouvidas como testemunhas e liberadas, porque não portavam nada de irregular. Embora o Corolla pertença à mulher de Miqueias, o autuado é quem utiliza o veículo, segundo declarou um dos passageiros.

Tudo sobre: