Homem morre após confronto com policiais em comunidade de Guarujá

Suspeito, que possuía antecedentes criminais, morreu durante uma operação no Canta Galo, na noite de terça-feira (16)

Por: Por ATribuna.com.br  -  17/02/21  -  19:14
Caso foi apresentado na Delegacia Sede do município, onde segue sob investigação
Caso foi apresentado na Delegacia Sede do município, onde segue sob investigação   Foto: Divulgação

Um homem morreu após um confronto com policiais militares dentro da comunidade do Canta Galo, em Guarujá, no início da noite de terça-feira (16). Após identificação, a polícia constatou que o suspeito, de 18 anos, possuía antecedentes criminais.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


A corporação informou que equipes da PM realizavamo uma operação dentro da comunidade quando se depararam com três homens, que estavam no cruzamento das Ruas 21 e 12, sendo que dois estavam armados.


Na abordagem, os PMs ordenaram para que os suspeitos largassem as armas. No entanto, um deles apontou a pistola na direção dos policiais, que revidaram com disparos. Após os tiros, o suspeito caiu no chão, derrubando a pistola e uma sacola preto que continha entorpecentes.


Após os primeiros disparos, os dois suspeitos fugiram para uma área de matagal. A polícia iniciou perseguição. Os bandidos atiraram contra os PMs, mas ninguém foi atingido. A dupla fugiu e não foi localizada.


Os policiais foram ao encontro do suspeito baleado e acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para socorrê-lo. Ele foi encaminhado ao Hospital Santo Amaro, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito durante atendimento médico.


A PM fez uma varredura no local da ocorrência e localizou uma segunda sacola com entorpecentes que foi deixada pelos suspeitos que fugiram. O Instituto de Criminalística (IC) foi acionado para exames periciais na cena do crime.


Ao todo, foram apreendidos uma pistola calibre .45. As sacolas continham 37 pinos de cocaína, 51 pedras de crack, 15 porções de maconha, um cópia de RG, um rádio comunicador e R$ 180 em dinheiro, possivelmente oriundo do tráfico. Segundo a Polícia Civil, as armas dos PMs também foram apreendidas.


Todo o material ilícito encontrado foram apreendidos e encaminhados para a Delegacia Sede de Guarujá, onde a ocorrência foi apresentada.


Logo A Tribuna