Homem comete latrocínio na capital e é preso com documento falso no litoral de SP

Investigado foi encontrado em um imóvel que tinha alugado

Por: ATribuna.com.br  -  26/10/22  -  18:59
Atualizado em 27/10/22 - 09:03
Investigado foi encontrado em um imóvel de Itanhaém, litoral paulista
Investigado foi encontrado em um imóvel de Itanhaém, litoral paulista   Foto: Divulgação/Prefeitura de Itanhaém

Um homem de 31 anos, procurado por um latrocínio (roubo seguido de morte) cometido na capital de São Paulo, foi preso na tarde desta terça-feira (25), em Itanhaém, com um documento de identidade falso. Um veículo que estava em posse do autor também foi apreendido.


Clique, assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe centenas de benefícios!


As investigações do 1º Distrito Policial (DP) de Itanhaém indicaram que o suspeito estaria usando documentos falsos para alugar um imóvel na Avenida Governador Mário Covas, no bairro Cibratel.


Com apoio da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e de Investigação Sobre Entorpecentes (Dise), os agentes se deslocaram até o endereço e localizaram o homem. De acordo com a Polícia Civil, ele apresentou documento de outra pessoa, residente no Estado de Minas Gerais.


Os policiais conseguiram identificar o nome e o documento verdadeiros do investigado, que assumiu o uso de documentos falsos. Ao pesquisarem nos bancos de dados policiais, foi constatado que o homem tinha um mandado de prisão preventiva em curso, expedido após crime de latrocínio na capital.


Foram apreendidos um veículo Ford Fusion que estava em posse do homem e documentos usados por ele. O investigado foi levado até a delegacia e, em seguida, encaminhado à prisão.


Logo A Tribuna
Newsletter