Homem com arma da PM morre em tiroteio com a GCM de Praia Grande

Troca de tiros aconteceu na madrugada desta terça (29), no bairro Quietude

Um marginal não identificado foi morto em tiroteio com guardas civis municipais de Praia Grande, no início da madrugada desta terça-feira (29). O desconhecido se encontrava em um local apontado como ponto de tráfico. Ele estava acompanhado de um rapaz, que portava uma mochila contendo drogas, e uma adolescente de 17 anos.

Assine A Tribuna agora mesmo por R$ 1,90 e ganhe Globoplay grátis e dezenas de descontos!

Próximo ao desconhecido, que chegou a ser hospitalizado em estado grave, mas não resistiu, os guardas encontraram uma pistola Taurus calibre .40 pertencente à Polícia Militar. Outros marginais armados participaram do confronto, mas conseguiram fugir e não foram identificados. Os agentes não se feriram.

José Victor Vieira Nascimento, de 19 anos, também estava no local do tiroteio e não conseguiu escapar. Ele portava uma mochila na qual havia 1.173 porções de cocaína e 77 de maconha, além de 23 frascos com lança-perfume. Conduzido à Delegacia de Praia Grande, o rapaz foi autuado em flagrante por tráfico e recolhido à cadeia.

No momento de prisão de José Victor, a sua namorada, de 17 anos, começou a ofender os guardas e chutou um deles. O tiroteio aconteceu no Quietude, em um lugar conhecido como “biqueira” (ponto de tráfico) dos Piratas. Segundo os guardas, eles foram recebidos a tiros quando chegaram ao local e revidaram os disparos em legítima defesa.

Maconha, cocaína e lança-perfume foram apreendidos em Praia Grande (foto: Divulgação/GCM)
Tudo sobre: