EDIÇÃO DIGITAL

Segunda-feira

18 de Novembro de 2019

Homem é flagrado com ninho de pássaros dentro de mochila em Praia Grande

Suspeito foi autuado por tráfico de animais silvestres e deve responder por crime ambiental

Um homem de 47 anos foi flagrado pelo Grupamento Ambiental da Guarda Civil Municipal (GCM) de Praia Grande com um ninho cheio de filhotes de pássaro dentro de sua mochila. Ele saía de uma área de preservação ambiental no Jardim Melvi quando foi abordado por oficiais.

A ocorrência foi registrada na última sexta-feira (11), e o homem foi autuado por crime ambiental, mas poderá responder em liberdade. Os guardas ambientais desconfiaram do comportamento do suspeito e, ao abordá-lo, revistaram seus pertences, encontrando os três filhotes de sabiá vivos.

O suspeito foi levado para a delegacia e os animais encaminhados para a Aiuká Consultoria Ambiental, instituição credenciada pela Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado. Os pássaros receberão cuidados e passarão por reabilitação antes de serem soltos na natureza.

Legislação

A captura de pássaros sem autorização constitui crime de caça com multa de R$ 5.000,00 por indivíduo constante nas listas de espécies ameaçadas. Questões como maus tratos são agravantes que aumentam ainda mais o valor da multa a ser aplicada.

O Artigo 29 da Lei de Crimes Ambientais (LCA) prevê detenção de seis meses a um ano, e multa para quem matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a legislação.

Tudo sobre: