Guardas municipais apreendem 'chupa-cabra' em caixas eletrônicos, em Praia Grande

Caso ocorreu em uma agência da Vila Mirim. Foi o segundo do tipo em menos de uma semana

Por: De A Tribuna On-line  -  05/12/18  -  12:43
  Foto: Divulgação

Dois caixas eletrônicos precisaram ser lacrados, em Praia Grande, após constatada a presença de equipamentos de retenção de cartões e roubo de dados bancários, popularmente conhecidos como ‘chupa-cabra’. Esta é a segunda ocorrência do tipo em menos de uma semana na Cidade, e a terceira na região. Ninguém foi preso.


Segundo apurado por A Tribuna On-line, o caso ocorreu no fim da noite desta terça-feira (4), em uma agência localizada no estacionamento da Prefeitura de Praia Grande, no bairro Mirim.


Tentando usar um dos caixas eletrônicos, um cliente acabou tendo o cartão bancário preso em um dos terminais. Ele acionou equipes da GCM que, no local, constataram a presença de um dispositivo de metal, conhecido como 'chupa-cabra'.


O que chamou a atenção das equipes, porém, é que o equipamento era feito artesanalmente e possuía acoplado um microchip telefônico e cartão de memória. Utilizando-se da internet, o dispositivo transmitia em tempo real os dados bancários, possibilitando aos criminosos fazer transferências de dinheiro.


Os equipamentos foram retirados e encaminhados para a Delegacia Sede do Município, onde ficaram apreendidos e passarão por perícia. Os caixas eletrônicos também foram lacrados após a remoção dos dispositivos. Agora, imagens do circuito interno deverão ser recolhidas para auxiliar nas investigações. Até o momento, ninguém foi preso.


Artesanais, dispositivos tinham chip de celular usado para transmitir dados bancários
Artesanais, dispositivos tinham chip de celular usado para transmitir dados bancários   Foto: Divulgação

Casos recentes


No sábado (1) de manhã, uma dupla foi presa em flagrante após instalar 'chupa-cabras' e dispositivos de retenção de envelopes de depósitos em duas agências bancárias, também em Praia Grande. Ambos foram monitorados e pegos ao saírem da terceira agência alvo da ação criminosa, no bairor Guilhermina.


No mesmo dia, só que à tarde, outra dupla também foi presa em flagrante cometendo o mesmo delito, mas em Mongaguá. Ambos foram localizados por um guarda municipal de folga, que notando a ação, abordou os criminosos. Com eles, equipamentos e dinheiro foram apreendidos.


Criminosos foram presos em flagrante ao instalar dispositivos em agência de Mongaguá
Criminosos foram presos em flagrante ao instalar dispositivos em agência de Mongaguá   Foto: Divulgação

Logo A Tribuna