EDIÇÃO DIGITAL

Domingo

17 de Novembro de 2019

Foragido da Justiça usa identidade falsa para escapar da prisão em Santos

Conhecido como Japa, homem foi preso no Morro da Nova Cintra enquanto era passageiro de um transporte por aplicativo no Morro da Nova Cintra

Condenado a dez anos e nove meses de reclusão por tráfico de drogas e foragido da Justiça, José Raphael da Silva Vale, o Japa, de 27 anos, foi recapturado por policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), no Morro da Nova Cintra, em Santos.

Passageiro de um carro de transporte de passageiros por aplicativo, Japa tentou esconder a sua condição de procurado exibindo uma carteira de identidade falsa. Porém, os investigadores Paulo Carvalhal e Rodrigo Faria logo descobriram a farsa.

Os policiais já investigavam Japa, porque ele é apontado como um dos chefes do tráfico no Nova Cintra. O condenado trazia na cintura rádio de comunicação, no qual estava conectado fone de ouvido.

Ao retirar o fone, a equipe da DIG observou que o rádio estava sintonizado em uma frequência utilizada por traficantes. Esses marginais, inclusive, comentavam que Japa havia sido preso naquele momento.

A abordagem ao veículo de transporte de passageiros aconteceu na Avenida Santista, às 16 horas de quarta-feira. O motorista também registra passagem criminal, mas foi liberado por não portar nada de ilícito e não estar procurado.

O delegado Luiz Ricardo de Lara Dias Júnior autuou Japa em flagrante pelos crime de uso de documento falso e associação para o tráfico. O condenado portava três celulares, que foram apreendidos e serão submetidos a perícia.

Tudo sobre: