EDIÇÃO DIGITAL

Quinta-feira

9 de Julho de 2020

Força-Tarefa de Guarujá detém grupo por invasão e desmatamento de área protegida

Operação constatou corte de vegetação nativa com finalidade de demarcação na região do Parque da Montanha, na Vila Edna

A Força-Tarefa de Guarujá deteve, na manhã desta segunda-feira (27), quatro homens após denúncias de invasão na região do Parque da Montanha, na Vila Edna.

Ao chegarem à área de Mata Atlântica, agentes da  Guarda Civil Municipal (GCM) e da Polícia Militar constataram o grupo cortando vegetação nativa para fins de demarcação e posterior edificação de moradias irregulares. Com os suspeitos, foram apreendidos uma faca e um facão.

Diretora da força-tarefa, Valéria Amorim explicou que, no dia anterior, também foram apreendidos outros materiais. "Recebemos denúncias de invasões naquela região e já no domingo constatamos que a área tinha sido demarcada. Apreendemos bicicletas e ferramentas, mas as pessoas se evadiram", disse.

Os homens foram conduzidos à Delegacia Sede de Guarujá, onde foi feito boletim de ocorrência e instaurado um inquérito policial para investigar a responsabilidade de cada um na ação. Peritos da Polícia Civil também estiveram no local.

Operando desde o ano passado, a Força-Tarefa da Prefeitura de Guarujá, com o apoio das polícias Civil, Militar e Ambiental, e também do Ministério Público, já deteve 12 pessoas por desrespeito à Lei de Crimes Ambientais.

Tudo sobre: