Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Ex-candidata a prefeita de Itanhaém é presa em Operação do Ministério Público

Cristiane Forssel (Podemos) foi presa na manhã desta terça-feira (2) e encaminhada para a Penitenciária Feminina de São Vicente

Por: Por ATribuna.com.br  -  02/02/21  -  15:20
Atualizado em 02/02/21 - 15:40
Cris Forssell é candidata a prefeita em Itanhaém
Cris Forssell é candidata a prefeita em Itanhaém   Foto: Reprodução/Facebook

Suspeita de envolvimento em fraudes de licitações de empresas de uniforme e material escolar, a ex-candidata a prefeitura de Itanhaém, Cristiane Forssel (Podemos), foi presa na manhã desta terça-feira (2) e encaminhada para a Penitenciária Feminina de São Vicente. Outras quatro pessoas também foram ao cárcere, entre elas, o marido de Forssel (encaminhado a Cadeia de Peruíbe), dois comerciantes e um administrador.


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


A Operação Dólos, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), começou na cidade de Franca, no interior de São Paulo, e chegou até a Baixada Santista depois de algumas empresas investigadas de Orlândia apresentarem ligação com alguns empreendimentos do litoral paulista.


Leia mais >>Operação do MP em Itanhaém cumpre mandado de busca e apreensão contra o ex-prefeito Marco Aurélio


De acordo com o Ministério Público (MP), trata-se de uma organização criminosa formada por empresários. Na Baixada Santista, foram cumpridos 20 mandados de busca e apreensão e seis de prisão.


Candidata a Prefeitura


Cristiane Forssell foi candidata a prefeita de Itanhaém nas eleições de 2020 pelo partido Podemos. Ela foi a segunda mais votada para o cargo, com 15.424 votos, que representou 32,26%


Resposta


Através de seus advogados, Forsell se posicionou a respeito do caso. Confira nota na íntegra:


A defesa da Sra Cristiane Forssel está incrédula com a situação de total descaso a que vem sendo submetida. Até o presente momento não foi fornecida a cópia da decisão de prisão,nem possibilitado acesso ao procedimento investigatório.Por mais incrível que possa parecer, ela passou o dia inteiro sem saber o motivo da prisão.


Logo A Tribuna