EDIÇÃO DIGITAL

Terça-feira

14 de Julho de 2020

Empresário suspeito de enviar 700 kg de cocaína à Europa é preso pela PF em Santos

Bruno Lamego Alves, de 32 anos, foi localizado em seu apartamento no bairro Aparecida na tarde desta terça-feira (28)

Um empresário de 32 anos foi preso na tarde desta terça-feira (28) pela Polícia Federal em Santos. Bruno Lamego Alves é suspeito de envolvimento com o tráfico internacional de drogas e apontado como um dos responsáveis pela tentativa de enviar mais de 700 kg de cocaína à Europa pelo Porto de Santos.

A prisão de Bruno aconteceu no apartamento do empresário na rua Alexandre Martins, no bairro Aparecida. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva pela 5ª Vara Federal de Santos. Computadores, celulares e documentos foram recolhidos pelos policiais.

Segundo o G1, atualmente o empresário é sócio de pelo menos três empresas todas com sede em Guarujá. Conforme informações públicas da Receita Federal, elas permanecem ativas e funcionando normalmente.

A investigação da Polícia Federal é da suposta participação do empresário no envio de mais de 760 kg de cocaína com destino à Bélgica. O carregamento foi interceptado no Porto de Santos em fevereiro de 2017.

Defesa

Ao G1, o advogado Ricardo Ponzetto, que defende o empresário, afirmou que seu cliente foi vítima de uma armação e disse que ele nada tem a ver com a droga encontrada no contêiner. Ponzetto acrescentou que Lamego não tem qualquer passagem criminal.

Carregamento ilícito foi encontro no Porto de Santos em 2017 (Foto: Divulgação/Receita Federal)
Tudo sobre: