Criminoso é identificado após morrer durante tentativa de assalto a policial civil

Erik Cabral da Costa, de 28 anos, possuía passagens por roubo, furto, tráfico de drogas e dano

Por: Eduardo Velozo Fuccia  -  13/01/19  -  17:27
Atualizado em 13/01/19 - 17:30
  Foto: Reprodução

Um criminoso morreu ao tentar assaltar um policial civil em Guarujá, às 15h10 de sábado (12). Ele foi identificado como Erik Cabral da Costa, de 28 anos, e possuía passagens por roubo, furto, tráfico de drogas e dano.


Erik portava uma réplica de pistola e foi baleado ao apontar a arma de brinquedo para a mulher do policial civil. O casal estava em um carro, que parou na Avenida Tancredo Neves, no bairro Cachoeira, por causa do congestionamento.


O criminoso e um comparsa ocupavam uma bicicleta. Eles se aproximaram do automóvel do policial pelo lado da mulher, que estava no banco dianteiro do passageiro.


Morador em São Paulo, o policial sacou uma pistola calibre 45 e atingiu Erik com três tiros. Segundo o delegado Caio Azevedo de Menezes, o agente público agiu em legítima defesa.


Erik chegou a ser socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu aos ferimentos. O seu parceiro fugiu, e investigações são realizadas para identificá-lo.


Logo A Tribuna