Comerciante é preso suspeito de tentar matar ex-mulher e agredir filho em Itanhaém

Homem portava uma faca com lâmina serrilhada e cabo de madeira com o formato de soco inglês

Por: Eduardo Velozo Fuccia  -  24/02/19  -  21:44
  Foto: Divulgação

Um comerciante de 36 anos foi preso às 5h deste sábado (23), em Itanhaém, sob a suspeita de tentar matar a ex-mulher e agredir um dos três filhos do casal, um adolescente de 14 anos, que interveio para defender a mãe.


O homem foi autuado em flagrante pelos crimes de tentativa de feminicídio e de lesão corporal dolosa (agressão) contra descendente. As vítimas foram medicadas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Itanhaém e liberadas.


Policiais militares foram acionados até uma casa na Rua Maria Celeste Pinto de Castro, no bairro Laranjeiras, para checar informação de possível assassinato de um pai contra o filho. O imóvel estava com o portão e a porta abertos. Os PMs chamaram pelos moradores, mas ninguém respondeu.


Devido à gravidade da denúncia, os policiais entraram na residência e constataram a existência de pessoas no banheiro, que estava trancado por dentro. Após breve negociação, o comerciante abriu a porta e se rendeu.


O homem portava uma faca com lâmina serrilhada medindo 24 centímetros. Porém, a parte do instrumento que mais chamou a atenção dos PMs foi o seu cabo de madeira com o formato de soco inglês.


No banheiro, também estavam a ex-companheira, de 41 anos, e o filho. A mulher apresentava lesão no nariz e escoriações pelo corpo, enquanto o adolescente tinha um corte na cabeça, arranhões no pescoço e hematomas em outras partes.


De acordo com um irmão da mulher, ela e o suspeito viveram em união estável durante 17 anos e tiveram três filhos. Há cerca de oito meses, terminou o relacionamento, mas o comerciante não aceita a separação.


Ao saber que a ex-companheira havia saído no sábado à noite com amigos, o suspeito foi até a casa dela durante a madrugada portando a faca. Ao tentar defender a mãe, o adolescente de 14 anos foi agredido pelo pai. Os outros filhos do casal têm 17 e 4 anos.


Logo A Tribuna