EDIÇÃO DIGITAL

Sábado

19 de Outubro de 2019

Cliente atira em criminoso durante assalto a pizzaria

Caso ocorreu no Jardim Samambaia, em Praia Grande; Atirador não foi identificado e bandido acabou preso

Um cliente atirou, acertou um ladrão e fez com que ele fosse preso durante o roubo de uma pizzaria, em Praia Grande. O crime ocorreu na madrugada deste domingo (6), no bairro Jardim Samambaia. O homem que disparou não foi identificado. 

Segundo o boletim de ocorrência (BO), quando a Polícia Militar (PM) chegou ao local, recebeu a informação que três bandidos teriam entrado para o assalto. 

Os homens recolhiam pertences dos clientes quando um deles sacou uma arma de fogo e efetuou alguns disparos na direção dos criminosos, que ainda terminavam a ação.  

Uma das balas atingiu Cristian Marcelino Rodrigues dos Santos, de 22 anos, que já tem passagens por tráfico de drogas e roubo. Os outros dois comparsas fugiram num veículo Fiat Pálio cinza claro de vidros escuros, de acordo com as testemunhas.  

No BO registrado na Delegacia Sede de Praia Grande ontem, nem os trabalhadores do estabelecimento conheciam o tal consumidor que atirou. Ele não compareceu à delegacia, assim como nenhum dos fregueses permaneceu no estabelecimento. Com a confusão, nada da pizzaria foi levado.  

Fuga de carro 

Quando a PM chegou na pizzaria, o assaltante ferido já estava sendo atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Foi removido para o Hospital Irmã Dulce, onde permanece, pois a bala ficou alojada nas costas. 

Em contato com os policiais no hospital, o homem, que está com o estado de saúde estável, confessou ter participado do assalto e disse ainda que ficou sem seus pertences e sem seu celular.  

Com a informação sobre o automóvel obtida na pizzaria, a polícia ainda conseguiu no Setor de Monitoramento verificar que um veículo, com as mesmas características passou pela Rua Itiberê, depois pela Avenida Ayrton Senna da Silva em direção a São Vicente e, com isso, a PM achou o veículo estacionado na Avenida Brasil, na Vila Margarida. 

No entanto, os outros dois fugitivos ainda estão sendo procurados. O caso segue para investigação da Polícia Civil. 

Tudo sobre: