Baep estoura ‘varejão’ das drogas em São Vicente

Acondicionadas em duas mochilas, as drogas foram achadas em um barraco na comunidade do México 70

Embaladas para a venda a varejo, 3.744 porções de cocaína, maconha e crack foram retiradas de circulação antes que fossem vendidas a usuários. Acondicionadas em duas mochilas, as drogas foram achadas em um barraco em São Vicente, às 2h30 de terça-feira (7). Um homem e um adolescente de 15 anos foram detidos.

A apreensão dos entorpecentes foi realizada por equipe do 2º Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep). O barraco fica na Avenida Brasil, na comunidade do México 70, Vila Margarida. Um homem, de 23 anos, e o adolescente estavam em um beco e correram ao imóvel quando viram os policiais.

Segundo os policiais militares, no momento da detenção, a dupla afirmou que mora no barraco e os autorizou a revistá-lo. Nas duas mochilas havia 1.568 cápsulas de cocaína, 1.502 porções de maconha e 674 pedras de crack, além de R$ 179,00 e um caderno com anotações supostamente referentes à venda de drogas.

Os PMs disseram que, inicialmente, viram a dupla ao lado de um outro homem, de 19 anos. Este estava sobre uma JTA Suzuki Yes preta, com queixa de furto em Cubatão, e permaneceu parado. Ao contrário, o adolescente e o outro suspeito fugiram correndo, sendo alcançados quando entravam no barraco das drogas.

O delegado Lucas Santana dos Santos, da Delegacia de São Vicente, autuou o homem de 19 anos por receptação e arbitrou fiança em R$ 2 mil. Sem pagar essa quantia, esse acusado foi recolhido à prisão. A cadeia também foi o destino do suspeito de 23 anos, autuado em flagrante por tráfico, que é crime inafiançável. O adolescente foi liberado para a mãe.

Tudo sobre: