Aposentado é preso ao dirigir embriagado e com a habilitação vencida em Mongaguá

Suspeito dirigia um carro Mercedes-Benz C 200 K e foi solto após pagar fiança arbitrada em R$ 10 mil

Por: Eduardo Velozo Fuccia  -  04/01/19  -  16:59

Acusado de dirigir sob o efeito de álcool um carro Mercedes-Benz C 200 K, às 2h30 desta quinta-feira (3), em Mongaguá, um aposentado, de 70 anos, foi preso em flagrante. Autuado por embriaguez ao volante pela delegada Alessandra A. Tiritan de Souza, ele foi solto após pagar fiança arbitrada em R$ 10 mil. Eles responderá pelo crime em liberdade.


O automóvel importado foi apreendido, bem como a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do idoso. O documento que autoriza a dirigir veículo automotor está vencido desde o dia 4 de agosto de 2017.


O carro trafegava pela avenida da orla do Balneário Itaguaí. Segundo policiais militares, eles solicitaram que o aposentado parasse porque uma passageira estava com parte do corpo para fora do veículo, através do teto solar.


Os PMs afirmaram à delegada que o idoso apresentava “sinais característicos de embriaguez, como forte odor etílico, andar cambaleante, olhos avermelhados”. Os policiais ainda disseram que o idoso falava “coisas desconexas” e admitiu ter ingerido álcool.


No Mercedes, havia lata de cerveja, frasco plástico com resquício de bebida e garrafa de uísque. Convidado a se submeter ao teste do bafômetro ou a fornecer amostra de sangue para exame de dosagem alcoólica, o suspeito recusou, com base no princípio jurídico de que ninguém é obrigado a produzir prova contra si. No entanto, a delegada levou em conta o relato dos PMs para autuar o aposentado em flagrante.


Tudo sobre:
Logo A Tribuna