Ajudante de pedreiro desaparece e família pede ajuda

Raimundo Santos Dias, de 65 anos, saiu de casa na sexta-feira, em SV, e não retornou mais

Por: De A Tribuna On-line  -  10/11/18  -  18:29

O ajudante de pedreiro Raimundo Santos Dias, de 65 anos, residente na Vila Ponte Nova, em São Vicente, está desaparecido desde às 4 horas de sexta-feira (9). Ele é branco, tem olhos e cabelos castanhos-claros, 1,60 metro de altura e pesa 65 quilos.


Na última vez em que foi visto, trajava calça jeans, blusa azul-escuro de mangas longas, boné escuro e chinelos.


Raimundo mora na Vila Ponte Nova, em São Vicente, e despareceu na sexta-feira (9) (Foto: Arquivo pessoal)

Segundo Gleice Santos Dias, filha de Raimundo, uma noite antes do desaparecimento ele se sentiu mal. "Teve pressão alta, porque tem diabetes e havia bebido. Minha mãe medicou e o colocou na cama. Quando deu 4 horas, ela acordou e percebeu que meu pai não estava".


A esposa do ajudante de pedreiro perguntou a vizinhos se alguém o tinha visto e soube, por um deles, que Raimundo tinha saído de casa sentido Ponte dos Barreiros.


"Começamos a procurá-lo e dois carrinheiros disseram tê-lo visto. O primeiro, perto da Ponte dos Barreiros, na sexta (9), às 16 horas. O homem contou que meu pai estava desnorteado, sem camisa, com a calça dobrada e carregando uma sacola com um pão". Gleice diz que o trabalhador o impediu de atravessar a rua e o levou para tomar água em um bar.


Ainda em busca do pai, os familiares e amigos seguiram procurando naquela região, quando, mais uma vez, foram informados, por outro carrinheiro, que o desaparecido caminhava pela Praça da Santa, na Linha Amarela, em São Vicente.


Gleice diz que essa situação nunca tinha acontecido e que Raimundo está sem documentos. Informações sobre o paradeiro do ajudante de pedreiro podem passadas à filha pelos telefones: 99776-0673 ou 99736-5073.


Tudo sobre:
Logo A Tribuna