Agentes interceptam celulares e maconha no CPP de Mongaguá

Pacotes com aparelhos, carregadores, baterias, fone de ouvido e drogas foram arremessados para dentro da unidade e recolhidos por um dos presos

Por: De A Tribuna On-line  -  16/01/19  -  19:39
Preso e o material apreendido foram encaminhados para a Delegacia Sede de Mongaguá
Preso e o material apreendido foram encaminhados para a Delegacia Sede de Mongaguá   Foto: Divulgação/SAP

Agentes penitenciários interceptaram sete celulares e 960 gramas de maconha dentro do Centro de Progressão Penitenciária “Dr. Rubens Aleixo Sendin”, o CPP de Mongaguá, na noite da última terça-feira (15). Segundo a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), o flagrante foi realizado durante vigilância dos funcionários da unidade.


De acordo com a SAP, por volta das 23h30, um agente de segurança observou a atitude suspeita de um preso, que carregava pacotes no corredor de mira. Uma equipe realizou a abordagem do interno, que admitiu que levava material arremessado para o interior do CPP. Não foi identificado quem seria o responsável por jogar os pacotes para dentro da unidade.


Após verificarem o conteúdo dos pacotes confiscados, os servidores encontraram sete aparelhos de celular, dez carregadores, três baterias e um fone de ouvido, além de 960 gramas de maconha. O preso e o material apreendido foram encaminhados para a Delegacia Sede de Mongaguá.


Logo A Tribuna