Agente penitenciário é baleado durante fuga de detentos em Mongaguá

Crime ocorreu na madrugada de terça-feira (19), no Centro de Progressão Penitenciária da cidade. Funcionário passa bem

Por: De A Tribuna On-line  -  19/12/18  -  16:55
Projetado para 1.640 detentos, o CPP de Mongaguá abriga 2.948
Projetado para 1.640 detentos, o CPP de Mongaguá abriga 2.948   Foto: Rogério Soares/AT

Um agente penitenciário foi baleado de raspão ao tentar intervir na fuga de dois detentos do Centro de Progressão Penitenciária Dr. Rubens Aleixo Sendin, em Mongaguá, nesta quarta-feira (19). A dupla contou com a ajuda de outros dois criminosos, que invadiram o CPP por um rombo causado em um dos muros da unidade. O funcionário foi socorrido e não corre risco de vida, e a dupla não foi localizada.


Segundo informações da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), a fuga ocorreu durante a madrugada, por volta das 3h30. Um agente que fazia a vigilância do CPP em uma das torres acionou o alarme que indica fuga de detentos, ao notar a movimentação de quatro homens em um dos corredores do espaço.


Eles pularam um alambrado e escalaram um dos muros, sendo que dois deles eram presos da unidade e os outros dois comparsas que auxiliavam na fuga. Um deles disparou contra o agente, acertando-o de raspão na perna esquerda.


Outros funcionários, durante a contagem nos pavilhões, notaram que uma das janelas havia sido danificada. Do lado externo, uma abertura no alambrado e um buraco em um muro também foram vistos. Foi por ali que a dupla conseguiu fugir.


O agente penitenciário foi socorrido e encaminhado ao Pronto Socorro da cidade. Ele passou por atendimento médico e, ainda segundo a SAP, passa bem. A Polícia Militar foi acionada, e a direção da unidade, diante da fuga dos detentos, tomou medidas administrativas de praxe. Até o momento, nenhum dos dois foi localizado.


Logo A Tribuna