Sabesp participa de evento de Estocolmo na Semana Mundial da Água

Primeiro painel aconteceu nesta segunda-feira (24) com presidente da companhia

A Semana Mundial da Água, que começa nesta segunda-feira (24), terá como um dos principais eventos o fórum promovido pelo Instituto Internacional da Água de Estocolmo (SIWI), em que discussões, soluções e pesquisas são debatidos por autoridades do mundo todo a respeito da água. Neste ano, a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) participou do fórum.

O diretor-presidente da Companhia, Benedito Braga, participou do primeiro painel, realizado à distância, nesta segunda. O debate foi sobre a maior resiliência no abastecimento de grandes cidades em situações críticas, como a escassez de água e a atual pandemia.

Braga falou sobre as iniciativas da Sabesp para enfrentar o desafio de abastecer a população da Região Metropolitana de São Paulo, garantindo as condições para que todos os moradores tenham acesso à água. 'Situações críticas estão mais frequentes, as mudanças climáticas já estão acontecendo. Por isso a importância de uma infraestrutura resiliente e do uso racional da água estão muito claros', afirmou Benedito Braga.

O debate foi mediado por Gustavo Saltiel, especialista em saneamento do Banco Mundial, e teve as participações da diretora do Banco Mundial Jennifer Sara e da analista de risco Nora Lambrecht, da IDB Invest.

Próximo encontro

O segundo encontro com a participação do presidente Benedito Braga será nesta quinta-feira (27) às 7h e servirá para a apresentação de ações e medidas  adotadas no abastecimento da população de grandes cidades durante a pandemia.

O fórum também abordará as lições que esse trabalho deixa para o futuro. Braga falará das medidas adotadas na cidade de São Paulo. O painel ainda terá exposições de autoridades da área de abastecimento das cidades de Adis Abeba (na Etiópia), Jacarta (Indonésia) e Dacar (Senegal).

A Semana Mundial da Água será encerrada na sexta-feira (28). Para acompanhar os encontros, basta clicar aqui para entrar no site. Os horários que aparecem na programação oficial se referem ao horário de Estocolmo, na Suécia, cinco horas à frente do de Brasília.

Tudo sobre: