Após retorno do Lattes, plataforma Carlos Chagas é restabelecida pelo CNPq

Chamadas de bolsa em andamento antes da indisponibilidade serão retomadas, e prazos prorrogados

Por: Estadão Conteúdo  -  17/08/21  -  02:00
 O restabelecimento da Carlos Chagas ocorre pouco mais de uma semana após a Plataforma Lattes
O restabelecimento da Carlos Chagas ocorre pouco mais de uma semana após a Plataforma Lattes   Foto: Agência Brasil/EBC

Com instabilidade desde o dia 23 de julho, a Plataforma Integrada Carlos Chagas (PICC), que possibilita o pagamento de bolsas a cientistas no País, foi restabelecida nesta segunda-feira (16), informou o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), órgão ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI).


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


Com o retorno da plataforma, as submissões de propostas às chamadas de bolsa que estavam em andamento antes da indisponibilidade dos sistemas serão retomadas e terão os prazos prorrogados. Segundo o CNPq, as informações submetidas antes de o sistema começar a apresentar instabilidade estão preservadas.


O restabelecimento da Carlos Chagas ocorre pouco mais de uma semana após a Plataforma Lattes, também gerenciada pelo conselho, ter voltado integralmente ao ar no último dia 7. Ambas começaram a apresentar instabilidade no dia 23 do mês, quando um repositório voltado para armazenar dados (storage) dos servidores apresentou problemas. A retomada do Lattes, porém, foi priorizada pelo conselho.


"Nossa prioridade absoluta é o Lattes, que está preservado. Não se perdeu dado nenhum", disse o presidente do CNPq, Evaldo Vilela, em comunicado publicado no início deste mês. A plataforma que reúne informações referentes a bolsas e auxílios até voltou a ficar disponível no último dia 7, mas com acesso parcial às funcionalidades. Foi só nesta segunda-feira (16), que a retomada integral aconteceu.


Logo A Tribuna
Newsletter