Governo está separando mais R$ 10 bi para crédito via 'maquininhas', diz Guedes

O Congresso aprovou no fim de julho uma linha de crédito de R$ 10 bilhões para ser concedida via maquininhas de cartão usadas no comércio

O ministro da Economia, Paulo Guedes, destacou nesta terça-feira (1º), que o governo já separou os R$ 10 bilhões para o programa de crédito por meio das "maquininhas" de cartão, com operações de pequenos valores.

O Congresso aprovou no fim de julho uma linha de crédito de R$ 10 bilhões para ser concedida via maquininhas de cartão usadas no comércio.

Chamada de PEAC-Maquininha, a linha terá 100% de garantia do Tesouro Nacional e é mais uma tentativa de destravar o crédito para os pequenos empreendedores na pandemia da Covid-19.

"Havia muitas reclamações sobre o problema do crédito para pequenas e médias empresas. Já tem menos gente reclamando e vamos chegar lá. Estamos chegando nas maquininhas, separando mais R$ 10 bilhões para crédito de maquininha, de R$ 2 mil, R$ 3 mil, R$ 5 mil. Estamos chegando bem na base de pirâmide mesmo", afirmou Guedes, em audiência pública na comissão mista do Congresso Nacional que acompanha a execução das medidas de enfrentamento à pandemia de Covid-19.

Tudo sobre: