Logo A Tribuna
ASSINE
Icone usuario ENTRAR
CLUBE IMPRESSO ACERVO ASSINANTE

Vídeo mostra corpos acumulados em necrotério de Roraima

Mais de 10 corpos são mostrados no interior do necrotério do Hospital Geral de Roraima, em Boa Vista. Fato aconteceu nesta quinta-feira (28), porém a Secretaria de Saúde local afirma que apenas 6 mortes foram registradas nesse dia

Por: Por ATribuna.com.br  -  30/01/21  -  14:00
Atualizado em 30/01/21 - 14:02
Vídeo mostra corpos acumulados em necrotério de hospital em Roraima
Vídeo mostra corpos acumulados em necrotério de hospital em Roraima   Foto: Reprodução

Um vídeo (veja abaixo) que circula na internet mostra vários corpos acumulados em uma sala e corredor do Hospital Geral de Roraima (HGR), que fica na capital Boa Vista. O local é o único no estado que atende casos mais severos de Covid-19. Embora as imagens tenham sido divulgadas nesta sexta (29), o vídeo foi gravado no dia anterior, quando Roraima registrou seis mortes pela doença, e mais 74 casos estavam em investigação, de acordo com o boletim oficial da Secretaria de Saúde (Sesau).


Clique e Assine A Tribuna por apenas R$ 1,90 e ganhe acesso completo ao Portal e dezenas de descontos em lojas, restaurantes e serviços!


De acordo com o presidente do sindicato das empresas funerárias de Roraima, e administrador do cemitério local, Anselmo Martinez, todas as funerárias do estão habilitadas a transportar vítimas de Covid-19 no estado. "Uma das coisas que pode acontecer, é o hospital demorar para liberar os corpos. O cemitério está preparado para receber até 30 corpos ao mesmo tempo, e vamos distribuindo no decorrer do dia", disse Martinez.


A Sesau informou ao G1 de Roraima que as imagens não condizem com a realidade de mortos no estado, mas, segundo o portal, a pasta não explicou porque os corpos estavam acumulados no HGR. A presidente do Conselho Regional de Medicina (CRM) de Roraima, Rosa Leal, disse que o estado vive um colapso, pois mesmo com abastecimento de oxigênio, não há profissionais e respiradores suficientes.


"Estamos enfrentando um vírus que tem transmissibilidade muito maior, uma letalidade maior e que não está com preferência por grupos de risco, está contaminando pessoas jovens e saudáveis, que acabam indo a óbito", afirmou a presidente.


Roraima tem 73.654 casos de infectados pela Covid-19, e 849 mortes confirmadas pela doença. Nesta sexta-feira (29), o HGR voltou a apresentar taxa de ocupação de leitos de UTI para a doença em 100%.



*com informações de G1


Logo A Tribuna